Quarta-feira, 11 de Maio de 2016

British Council promove série de atividades culturais em Belo Horizonte no mês de maio

Debate sobre a obra de Shakespeare e espetáculo apresentado pela atriz e dramaturga escocesa Jo Clifford são alguns dos eventos em destaque na capital mineira

 Maio será o mês da cultura em Belo Horizonte. E o British Council irá promover uma série de atividades na capital mineira buscando estreitar laços entre o Reino Unido e o Brasil. Em homenagem aos 400 anos da morte de William Shakespeare, o ciclo de debates “Shakespeare 400 – Todo o mundo é um palco”, que está viajando o país abordando temas contemporâneos e universais presentes na obra do Bardo de Avon, desembarca em Minas Gerais no dia 22/05, no Centro Cultural Banco do Brasil de Belo Horizonte. 

O tema em pauta será “Amor, sem qualitativos”, trazendo reflexões sobre amor e sexo, desde a devoção adolescente de Romeu e Julieta à paixão adulta e inescrupulosa de Antônio e Cleópatra. Para debater o assunto, o encontro terá a presença da Dra. Aimara Resende, cofundadora do Centro de Estudos Shakespearianos (CESh) e autora do livro “Foreign Accents: Brazilian Readings of Shakespeare”, do ator Diego Bagagal, membro do grupo Madame Teatro e curador do FIT-BH, e da diretora teatral britânica Catherine Paskell, eleita uma das 25 mulheres mais poderosas e influentes no teatro galês. A mediação fica por conta do jornalista Nelson de Sá. 

O “Shakespeare 400” é uma das iniciativas do programa “Shakespeare Lives”, que celebra o legado do dramaturgo britânico em todo o planeta e deve impactar cerca de 500 milhões de pessoas ao longo de 2016. O evento está incluso na programação do Fórum Shakespeare, que ocorre de 12 a 22/05 no CCBB e vai promover seminários, oficinas para atores e professores e apresentações teatrais. Já como parte do projeto Transform, o British Council traz, em parceria com o FIT-BH – Festival Internacional de Teatro, Palco & Rua de Belo Horizonte, a atriz e dramaturga escocesa Jo Clifford para apresentar o espetáculo The Gospel According to Jesus, Queen of Heaven, de 21 a 23/05. As sessões, com legenda em português, acontecem na Sala das Colunas, no Museu Mineiro, às 21h.

Na montagem, com direção de Susan Worsfold, histórias bíblicas são recontadas em uma perspectiva contemporânea, propondo uma reflexão sobre a opressão e a intolerância sofridas por pessoas trans na sociedade. The Gospel According to Jesus... estreou dentro de uma igreja, em 2009, em Glasgow, na Escócia. Em 2015, integrou a programação Made in Scotland, uma seleção dentro do Fringe – Festival de Edimburgo, um dos mais importantes festivais de artes do mundo, com grande repercussão de mídia e público. O espetáculo recebeu também o Prêmio Scottish Arts Club, de melhor teatro escocês no festival. Jo Clifford foi premiada com o LGBT Award e a peça ganhou projeção internacional com turnês em diversos países. Aos 65 anos, ela reside em Edimburgo e integra a companhia teatral Queen Jesus Plays. Jo Clifford já escreveu cerca de 80 peças, muitas montadas em vários países, e foi, ainda, a primeira dramaturga declaradamente transgênero a ter um texto de teatro montado no West End (circuito comercial) de Londres, com o Great Expectations, em 2005

Além da performance, o público mineiro poderá participar do workshop de voz com a diretora Susan Worsfold. Ela irá trabalhar a técnica Nadine George Voice Work (Trabalho de Voz Nadine George), com abordagem que explora respiração, corpo, voz e texto. Textos de Shakespeare serão utilizados em exercícios específicos, com o uso de técnicas que conectam os potenciais artístico e humano. 

CONTATO
Para mais informações entre em contato com nossa assessoria de imprensa através do email centro.info@britishcouncil.org.br ou ligue para (11) 2126-7500.

Serviço

The Gospel According to Jesus, Queen of Heaven – com Jo Clifford.

Data: 21, 22 e 23/05

Horário: 21h

Local: Museu Mineiro - Sala das Colunas - Av. João Pinheiro, 342, Funcionários. 

Capacidade:  120 lugares.

Classificação: 16 anos.

Ingressos: R$20 e R$10 (meia-entrada).

Informações: (31) 3269-1109

Shakespeare 400 – Todo o mundo é um palco

Data: 22/05 (domingo)

Horário: 18h

Local: Centro Cultural do Banco do Brasil - Praça da Liberdade, 450 - Funcionários

Tema: Amor, sem qualificativos

Com Catherine Paskell, Aimara Rezende e Diego Bagagal
Mediação: Nelson de Sá

Inscrições: Gratuitas, através de senhas que serão distribuídas uma hora antes do início no local

Capacidade: 110 pessoas

Classificação: livre

Workshop de voz – Susan Worsfold

Data: 24 e 25 de maio.

Horário: 9h às 17h.

Local: Teatro Raul Belém Machado.

Inscrições: www.fitbh.com.br

Sobre o British Council

O British Council é a organização internacional sem fins lucrativo do Reino Unido para relações culturais e oportunidades educacionais. Seu trabalho busca estabelecer a troca de experiências e criar laços de confiança por meio do intercâmbio de conhecimento e de ideias entre pessoas ao redor do mundo. A organização está presente em mais de 100 países e trabalha com parceiros como os governos em diversas instâncias, organizações não-governamentais e iniciativa privada, em ações relacionadas à promoção da língua inglesa, cultura, artes, educação e programas sociais.

Sobre o Shakespeare Lives

O programa global Shakespeare Lives relembra os 400 anos da morte de William Shakespeare com uma série de eventos e atividades que irão celebrar a vida e obra do dramaturgo britânico ao longo do ano de 2016. O projeto, liderado pelo British Council, faz parte da campanha GREAT do governo britânico. No Brasil, o programa irá incluir a Casa Shakespeare em Paraty, durante a Flip, o maior festival literário do Brasil, além de apresentações de espetáculos teatrais baseados em clássicos como “Macbeth” e “A Tempestade”, exibições de filmes inspirados em sua obra em parceria com o British Film Institute, ciclos de debates e materiais para professores e alunos do ensino básico. O legado de Shakespeare também será tema da campanha educacional online Play Your Part e de atividades na British House, a casa britânica no Rio de Janeiro durante os Jogos Olímpicos.

Sobre o British Council Transform

 

O Transform é um programa de artes do British Council, iniciado em 2012, e idealizado para conectar produtores, artistas, autoridades e as principais organizações de artes do Brasil e do Reino Unido. O projeto busca fortalecer os laços entre profissionais e instituições de ambos os países para resultados de longo prazo. Acesse: www.britishcouncil.org.br/transform