Segunda-feira, 09 de Maio de 2016

Cientistas britânicos e comunidades ribeirinhas do Amazonas usarão ciência e inovação para enfrentar desafios do desenvolvimento sustentável 

Fundação Amazonas Sustentável, British Council  e Schneider Electric lançam edital do programa Institutional Links, que combina o saber tradicional com o saber técnico-científico

Componentes como desenvolvimento sustentável, cultura, inovação e ciência são ingredientes essenciais da chamada pública para pesquisadores financiada pelo Fundo Newton e apoiado, no Brasil, pela Schneider Electric, Fundação Amazonas Sustentável e  British Council. A iniciativa busca estabelecer conexões entre pesquisadores brasileiros e britânicos com comunidades tradicionais do Amazonas para que, juntos e com o apoio do setor privado e do terceiro setor, possam criar soluções sustentáveis para enfrentar os desafios locais.

O Fundo Newton é parte do compromisso assumido pelo Reino Unido para promover iniciativas que fortaleçam o desenvolvimento social e econômico de países emergentes e que ajudem a estabelecer parcerias duradouras com governo e instituições brasileiras. “Nosso objetivo é responder à demandas estratégicas nas quais a ciência e o conhecimento podem contribuir para a construção de sociedades mais inclusivas e sustentáveis”, afirma Diana Daste, gerente sênior do Fundo Newton – British Council Brazil.

O coordenador do Programa de Soluções Inovadoras da Fundação Amazonas Sustentável (FAS), Victor Salviati, explica que o programa não apenas gerará conhecimento técnico sobre a realidade da Amazônia, mas também permitirá a cooperação entre centros britânicos e brasileiros para replicação e adaptação das soluções em outros contextos. “Além de apoiar na identificação das demandas comunitárias, a FAS irá disponibilizar apoio financeiro e técnico aos pesquisadores contemplados”, conclui Victor.

Reconhecida por sua sólida atuação em iniciativas de acesso a energia e sustentabilidade, a Schneider Electric foi convidada para participar do Institutional Links pela FAS, com a qual mantém parceria desde 2012, iniciada pelo projeto VillaSmart, que levou 24 horas de energia limpa e confiável às comunidades amazônicas de Tumbira e Santa Helena do Inglês. “Acesso à energia é um tema de extrema relevância para a Schneider Electric e o Institutional Links irá nos ajudar a entender melhor as demandas das comunidades que ainda hoje vivem fora da rede elétrica”, explica Fernando Figueiredo, gerente de Sustentabilidade da multinacional francesa líder em automação e eficiência energética.

A chamada pública foi lançada no dia 18 de abril e seu público-alvo são pesquisadores, professores e estudantes de graduação e pós-graduação baseados em instituições do Amazonas ou da Grã-Bretanha e que tenham interesse nas categorias que fazem parte do programa. O prazo de encerramento é dia 27 de junho e, no total, serão contemplados dois projetos de pesquisa. O edital está disponível em https://www.britishcouncil.org.br/atividades/educacao/newton-fund.

CONTATO
Para mais informações entre em contato com nossa assessoria de imprensa através do email centro.info@britishcouncil.org.br ou ligue para (11) 2126-7500.

Serviço

Inscrições até 27 de junho de 2016.

O edital está disponível em https://www.britishcouncil.org.br/atividades/educacao/newton-fund.

Sobre o British Council

O British Council é a organização internacional sem fins lucrativo do Reino Unido para relações culturais e oportunidades educacionais. Seu trabalho busca estabelecer a troca de experiências e criar laços de confiança por meio do intercâmbio de conhecimento e de ideias entre pessoas ao redor do mundo. A organização está presente em mais de 100 países e trabalha com parceiros como os governos em diversas instâncias, organizações não-governamentais e iniciativa privada, em ações relacionadas à promoção da língua inglesa, cultura, artes, educação e programas sociais.

Sobre o Fundo Newton

O Fundo Newton é uma iniciativa governo britânico que visa promover o desenvolvimento social e econômico dos 15 países parceiros, por meio de pesquisa, ciência e da tecnologia. O fundo de 735 milhões de libras esterlinas até 2021 atua em três grandes áreas: capacitação de pessoas em ciência e inovação nos países parceiros, colaboração em pesquisas acadêmicas sobre temas de desenvolvimento e a transferência de conhecimento para criação de soluções colaborativas para os desafios de desenvolvimento e fortalecimento dos sistemas de inovação. Saiba mais: www.britishcouncil.org.br/newton-fund. No Brasil, o Fundo Newton é coordenado pela Rede Britânica de Ciência e Inovação, cujo principal objetivo é fomentar a colaboração científica e tecnológica entre o Brasil e o Reino Unido.


Sobre a Schneider Electric

A Schneider Electric é especialista global em gestão de energia e automação. Com receita de 25 bilhões de euros em 2014, nossos 170 mil funcionários atendem clientes em mais de 100 países, ajudando-os na gestão e processos de energia, a fim de que seja segura, confiável, eficiente e sustentável. Desde interruptores até sistemas operacionais complexos, a Schneider Electric tem tecnologia, software e serviços que melhoram a forma como os nossos clientes gerenciam e automatizam suas operações. Nossas tecnologias remodelarão indústrias, transformarão cidades e enriquecerão vidas. Para a Schneider Electric, isso é Life is On.

Sobre a Fundação Amazonas Sustentável

A Fundação Amazonas Sustentável (FAS) é uma organização brasileira não governamental, sem fins lucrativos, de utilidade pública estadual e federal. Foi criada em 20 de dezembro de 2007, por meio de uma parceria entre o Governo do Estado do Amazonas e o Banco Bradesco e, posteriormente, passou a contar com o apoio da Coca-Cola Brasil (2009), do Fundo Amazônia/BNDES (2010), da Samsung (2010), além de outras parcerias em programas e projetos desenvolvidos. Os principais programas implementados são o Programa Bolsa Floresta, o Programa de Educação e Saúde, Programa de Soluções Inovadoras e Programa de Gestão e Transparência.