Quinta-feira, 06 de Agosto de 2015

Parceira entre 26º Festival Internacional de Curtas-Metragens de São Paulo e o britânico Encounters traz programação especial ao Brasil 

Com apoio do British Council, os dois festivais trazem bate-papo e workshop com cineastas premiados nas maiores competições da Europa.

Pelo segundo ano seguido, a parceira entre o 26º Festival de Curtas-Metragens de São Paulo e o Encounters, um dos festivais de curtas e animações mais celebradas da Inglaterra, elaboraram uma programação especial para o apresentar no Brasil. Se em 2014 diretores e obras brasileiras foram destaque em Bristol -- sede do Encounters – neste ano, o público pode esperar atividades como workshops e bate-papos com cineastas premiados desembarcando por aqui.

O intercâmbio entre os dois festivais acontece por intermédio do Programa Transform de Artes do British Council, com foco em promover trocas culturais entre Brasil e Reino Unido. Para o 26º Curtas estão confirmadas as presenças de Simon Ellis, com obras premiadas em Sundance, e Ainslie Henderson, ganhador de dois Baftas em animação e diretor do stop-motion “Stems”, um dos selecionados para exibição na mostra. 

As atividades com os britânicos acontecem a partir do dia 22 de agosto. Na manhã do 22, às 11h00, Henderson ministra um workshop sobre processo de criação de personagens/boneco para animação. Seu último filme, “Stems”, indicado ao Bafta 2015 e premiado no Festival de Edimburgo com o McLaren Award 2015, trata de forma lúdica sobre a curta vida de bonecos de animação. À noite, no MIS, a partir das 19h00, acontece a sessão “Foco Simon Ellis”, seguida de Masterclass com o diretor,em que o público poderá participar do bate-papo, mediado pelo brasileiro Felipe Barbosa, diretor do  premiado “Casa Grande” (2014). 

Nos dias 23 e 28 de agosto, acontecem, respectivamente, as sessões dos Programas Encounters, com a exibição das melhores produções já exibidas no festival britânico e uma seção especial, a “Comedy Highlights”, com destaque para obras de humor no formato curta.  

A mostra internacional de São Paulo conta com a participação de mais três diretores britânicos – Joel Veitch, Nick Jordan e Dan Dixon – que têm obras na disputa. 

O Festival Internacional de Curtas de São Paulo, um dos mais tradicionais nessa modalidade, acontecerá entre os dias 19 e 30 de agosto na capital paulista. Anualmente uma série de programas especiais é desenvolvida, a partir dos próprios filmes inscritos e de sugestão dos curadores que visitam os principais festivais do Brasil e do mundo. Também são exibidos programas selecionados por festivais parceiros de vários países. 

No âmbito da parceria entre o Curtas SP e o Encounters, estiveram em Bristol no ano passado diretores brasileiros como Marcelo Caetano (“Desbund”) para a Mostra de Curtas; Fernando Coimbra (“Lobo atrás da porta”), que participou de uma Masterclass seguida de workshop; Henrique Roscoe, para atividade sobre música ao vivo/performance de cinema e/ou instalações; além da diretora do Festival de Curtas SP, que fez parte do júri do Encounters 2014, Zita Carvalhosa

Ainda nesta ocasião, duas obras de diretores brasileiros foram selecionadas para competição e chamaram a atenção da mídia britânica -- “Cartoon Away”, de Augusto Bicalho Roque, e “TREMOR”, do mineiro Ricardo Alves Jr.

Sobre Simon Ellis 

Simon Ellis tem curtas premiados e exibidos coletivamente em retrospectivas de festivais de todo o mundo. Seu curta “Soft”, indicado ao Bafta e ao European Academy Awards, ganhou 38 prêmios, incluindo o Prêmio do Júri do Festival de Sundance e melhor curta no British Independent Film Awards (BIFAs). Presença em festivais tanto como diretor quanto como jurado, Ellis já foi mentor de diretores de curtas no Reino Unido e em outros países. Está, no momento, finalizando seu primeiro roteiro para longa-metragem.

Sobre Aislie Henderson

Ainslie Henderson é um escritor,diretor e animador britânico. Em 2012, recebeu o BAFTA pela coautoria do roteiro de “The Making of Longbird”.  Os filmes “I Am Tom Moody” e “Monkey Love Experiments” foram nomeados ao BAFTA e ganharam prêmios em mais de 60 competições internacionais, incluindo Melhor Curta Britânico no Encounters; Disney; melhor filme de estudante em Ottawa; e o prêmio McLaren dos Festivais Internacionais de Annecy e Edimburgo.  

CONTATO

Para mais informações entre em contato com nossa assessoria de imprensa através do email centro.info@britishcouncil.org.br ou ligue para (11) 2106-7500

Serviço

Exibição de filmes e Conversa com Simon Ellis 

Quando: 22 de agosto 

Horário:19h00

Onde: Museu da Imagem e do Som 

Endereço: Avenida Europa, 158, Jardim Europa.

*Mediada pelo diretor Felipe Barbosa 

Workshop com Ainslie Henderson 

Quando: 22 de agosto

Horário: 11h00 às 17h00

Onde: Museu da Imagem e do Som 

Programas em Parceria com o Encounters 

Foco Simon Ellis 

Sessão Museu da Imagem e do Som

Quando: 22 de agosto

Horário: 19h00

Sessão Itaú Augusta 

Quando: 25 de agosto

Horário: 19h00

Endereço: Rua Augusta, 1475 , Cerqueira César

Encounters Programa 1 

Museu da Imagem e do Som

Quando: 23 de agosto

Horário: 17h00

Itaú Augusta

Quando: 26 de agosto

Horário: 21h00

Encounters Programa 2

Museu da Imagem e do Som

Quando: 24 de agosto

Horário: 19h00

Itaú Augusta

Quando: 28 de agosto

Horário: 19h00

Sobre o British Council

O British Council é a organização internacional sem fins lucrativo do Reino Unido para relações culturais e oportunidades educacionais. Seu trabalho busca estabelecer a troca de experiências e criar laços de confiança por meio do intercâmbio de conhecimento e de ideias entre pessoas ao redor do mundo. A organização está presente em mais de 100 países e trabalha com parceiros como os governos em diversas instâncias, organizações não governamentais e iniciativa privada, em ações relacionadas à promoção da língua inglesa, cultura, artes, educação e programas sociais.  Informações: www.britishcouncil.org.br 

Sobre o Transform 

O Transform é o programa de artes do British Council. Com duração de quatro anos, foi idealizado para conectar produtores, artistas, autoridades e as principais organizações de artes do Brasil e do Reino Unido, e busca fortalecer os laços entre estes profissionais e instituições dos dois países para obter resultados a longo prazo. www.britishcouncil.org.br/transform.