Quinta-feira, 11 de Fevereiro de 2016

Estúdio criativo de Londres seleciona artistas brasileiros para participar da elaboração de obra inédita, que será exposta na Galeria Digital do Sesi-SP

Inscrições para o Workshop de seleção podem ser feitas até o dia 15 de fevereiro

Imagine mapear o ambiente urbano com todos os seus contrastes e recriá-lo virtualmente em 3D. De início, pode parecer algo um pouco distante, mas não é. O estúdio criativo Marshmallow Laser Feast (MLF), de Londres, que explora a tecnologia na criação de projetos que reinterpretam a ideia da percepção humana, oferece um workshop gratuito durante duas semanas, com o objetivo de selecionar artistas brasileiros para ajudar no processo criativo da obra Dividing Lines, que estará presente na próxima mostra da Galeria de Arte Digital Sesi-SP, prevista para março.

A atividade, promovida pelo Sesi-SP e pelo British Council, tem por objetivo fomentar a cooperação entre os países na área da economia criativa. O workshop está com inscrições abertas até o dia 15 de fevereiro, e o resultado dos artistas escolhidos será anunciado no dia 17. Serão selecionadas até 15 pessoas entre fotógrafos, videomakers, arquitetos, escritores ou profissionais de áudio – com ou sem experiência. Para participar, basta acessar o site http://www.sesisp.org.br/galeriadigital/workshop, fazer o cadastro e responder às questões propostas.

O projeto Dividing Lines consiste em uma obra de arte pública que irá registrar paisagens ao redor da cidade de São Paulo e que serão apresentadas na Galeria de Arte Digital Sesi-SP. O MLF irá trabalhar com artistas locais, explorando a capital paulista na busca de lugares de contraste dentro da própria cidade, mostrando riqueza e pobreza, urbano e natureza, por exemplo. Para isso, será utilizado um dispositivo de escaneamento panorâmico 360º, que mapeia o ambiente ao seu redor e o recria no computador em uma versão de imagem tridimensional, chamado Lidar Scanner. 

As imagens captadas em campo serão trabalhadas para interagir com o público durante o período de exposição da obra, por meio do “Oculus Rift”, óculos que permitem a visualização de realidade virtual. O resultado final das narrativas e histórias da Dividing Lines vai depender das contribuições de cada integrante e poderá ser conferido pelo público em março, junto com outras quatro obras que integrarão a mostra.

CONTATO
Para mais informações entre em contato com nossa assessoria de imprensa através do email centro.info@britishcouncil.org.br ou ligue para (11) 2126-7500

Serviço

Inscrições para o workshop Dividing Lines, com o coletivo de arte britânico Marshmallow Laser Feast

Período: até 15 de fevereiro

Inscrição: http://www.sesisp.org.br/galeriadigital/workshop

Telefones: (11) 3146-7405/(11)3146-7406

Gratuito.

Sobre o British Council

O British Council é a organização internacional sem fins lucrativo do Reino Unido para relações culturais e oportunidades educacionais. Seu trabalho busca estabelecer a troca de experiências e criar laços de confiança por meio do intercâmbio de conhecimento e de ideias entre pessoas ao redor do mundo. A organização está presente em mais de 100 países e trabalha com parceiros como os governos em diversas instâncias, organizações não governamentais e iniciativa privada, em ações relacionadas à promoção da língua inglesa, cultura, artes, educação e programas sociais. Informações: http://www.britishcouncil.org.br/

Sobre o Marshmallow Laser Feast (https://vimeo.com/marshmallowlaserfeast)

O Marshmallow Laser Feast (MLF) é um estúdio criativo, com sede em Londres, que explora a tecnologia na criação de projetos que reinterpretam a ideia da percepção humana. Em colaboração com tecnólogos, engenheiros e makers para criar sistemas de software e hardware que concretizem a visão do coletivo, os diretores Barnaby Steel e Robin McNicholas estão por trás de todos os projetos do grupo. Suas obras prezam sempre a interatividade e vão desde esculturas cinéticas, filmes e realidades virtuais, até performances ao vivo sobre os mais diferentes temas.

Sobre a Galeria de Arte Digital Sesi-SP

A Galeria de Arte Digital Sesi-SP é um imenso painel de LED composto por 26.241 mil clusters, cada um formado por 4 lâmpadas. Todos os clusters estão instalados em 3.700 m² da estrutura metálica que reveste o prédio da FIESP e do SESI-SP na Avenida Paulista. A Galeria já foi palco de diversas mostras artísticas que contemplaram desde trabalhos realizados para a plataforma até aqueles adaptados para seu formato, tanto interativos como sem interatividade. Pioneira na América Latina desde 2012, ao longo de sua existência, a plataforma firmou sua popularidade com o público e conquistou espaço entre os ícones da Avenida Paulista.