Quinta-feira, 11 de Junho de 2015

Últimos dias para centros de pesquisa se candidatarem para curso de comunicação científica internacional

A chamada para o Researcher Connect, iniciativa financiada pelo Fundo Newton e Confap, está aberta até o dia 16 de junho de 2015 para instituições de 16 estados.

O Researcher Connect é um curso com duração de três dias composto por módulos interativos para pesquisadores de qualquer formação acadêmica. Seu foco é desenvolver habilidades em comunicação na língua inglesa para que sejam utilizadas em contextos científicos internacionais e multiculturais. 

Esta chamada tem por finalidade selecionar instituições de ensino superior em 16 estados para sediarem o Researcher Connect. Os estados contemplados são: Alagoas, Amapá, Amazonas, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Santa Catarina, São Paulo e Sergipe. 

A inscrição deve ser feita por pesquisadores da instituição anfitriã, que serão os coordenadores do curso, agindo como ponto de contato entre o British Council para seleção do tipo de curso, coordenação logística e controle de orçamento. Os instrutores, conteúdo e material didático serão providenciados pelo British Council.

Os coordenadores do curso devem ser pesquisadores em tempo integral ou professores indicados pela instituição de pesquisa filiada a uma das FAPs dos estados contemplados. Serão aceitas propostas de pesquisadores em todas as áreas do conhecimento, desde que a linha de pesquisa traga um benefício social para o Brasil, ou seja, demonstre impacto direto ou indireto em populações vulneráveis ou de baixa renda.

Os cursos devem ser realizados no Brasil de 1º de julho de 2015 a 1º de março de 2016 (conforme calendário por estado, disponível no edital). 

Cada edição do curso deve capacitar 20 pesquisadores. As instituições podem optar por duas opções de curso: para participantes menos proficientes em inglês ou para participantes com nível B2  ou acima, de acordo com o Quadro Europeu Comum de Referência para Línguas. 

Segundo Camila Morsch, gerente do programa Newton Fund no Brasil, “A necessidade de publicar pesquisas é fundamental: quando revisada por colegas e validada pela comunidade científica, uma pesquisa pode ser melhor considerada para contribuir na construção de conhecimento. Melhorar as habilidades de comunicação de pesquisadores pode ter um efeito benéfico não apenas nas performances e carreiras individuais, mas também na instituição onde os trabalhos são desenvolvidos e na sociedade como um todo, através do aumento do alcance e do impacto de suas pesquisas. Este é o motor por trás do desenvolvimento dos cursos do Researcher Connect.”

CONTATO
Para mais informações entre em contato com nossa assessoria de imprensa através do email centro.info@britishcouncil.org.br ou ligue para (11) 2106-7500.

 

Serviço

As inscrições estão abertas até 16 de Junho de 2015, 23h 59min, horário de Brasília.

Candidatos devem submeter o formulário online de inscrição completo em inglês, que se encontra na página do Researcher Connect do British Council (http://www.britishcouncil.org.br/newton-fund/chamadas/researcher-connect...).

Mais informações em www.britishcouncil.org.br

Sobre o British Council

O British Council é a organização internacional do Reino Unido para oportunidades educacionais e relações culturais. Seu trabalho busca estabelecer a troca de experiências e criar laços através do intercâmbio de conhecimento e de ideias entre pessoas ao redor do mundo. Atua em cinco áreas: Educação, Língua Inglesa, Artes, Esportes e Exames. A organização está presente em mais de 100 países, com parceiros como os governos em diversas instâncias, organizações não governamentais e iniciativa privada. No Brasil, tem escritórios em Rio de Janeiro, Recife e São Paulo. Para mais informações, visite o sitewww.britishcouncil.org.br.

Sobre o Newton Fund

Lançado no Brasil pelo Ministro das Finanças britânico George Osbourne em abril de 2014, o Newton Fund de fomento à pesquisa e inovação em países emergentes investirá £375 milhões (mais de R$ 1.700.000.000) em diversos programas que contemplam mobilidade, pesquisa e capacitação em 15 países. No Brasil, deverão ser investidos £27 milhões (aproximadamente R$ 94 milhões) até 2017. O fundo é parte do compromisso assumido pelo Reino Unido diante à comunidade internacional de promover iniciativas que fortaleçam o desenvolvimento social e econômico de países emergentes.