Terça-feira, 27 de Setembro de 2016

Sesc e British Council trazem a São Paulo a mostra internacional “Lina  Bo Bardi Together”

Tributo à filosofia inclusiva da arquiteta italiana radicada no Brasil  Lina Bo Bardi exibe vídeos inéditos, objetos da cultura popular, desenhos  originais e três exemplares de sua celebrada "Bowl Chair" (1951), além de uma extensa linha do tempo. Entrada gratuita

 O Sesc - Serviço Social do Comércio - realiza de 11 de outubro a 11 de dezembro de 2016, em São Paulo, a última itinerância da mostra internacional "Lina Bo Bardi: Together", com curadoria da arquiteta argentina Noemi Blager e projeto expográfico do coletivo britânico Assemble. Focada no trabalho da arquiteta italiana radicada no Brasil, Lina Bo Bardi (1914 - 1992), a mostra passou por cidades como Londres, Viena e Berlim, e faz sua última apresentação no Sesc Pompeia. São exibidos cinco filmes sobre Lina, dirigidos por Tapio Snellman (cineasta e arquiteto), bem como objetos da cultura popular brasileira caros à artista, três exemplares e desenhos originais de sua celebrada "Bowl Chair" (1951), além de uma extensa linha do tempo que revisita sua trajetória no campo social e das artes. "Lina Bo Bardi: Together" é uma realização Sesc em parceria com o British Council, patrocínio da empresa italiana de design Arper e apoio do Instituto Pietro Maria e Lina Bo Bardi.

O diretor regional do Sesc, Danilo Santos de Miranda, afirma que "ao realizarmos a exposição Lina Bo Bardi Together e encerrarmos sua itinerância no Sesc Pompeia, espaço destacado na carreira da arquiteta, aproximamo-nos da essência fortemente defendida por ela, a de que o livre curso da convivência é um dos aspectos mais relevantes dos seres sociais que somos". Miranda reitera que "outras criações de Lina, como a Casa de Vidro, o Solar do Unhão e o design de objetos são também abordados na exposição, por meio de interpretações poéticas em diferentes linguagens, que vão oferecer aos visitantes acesso às preocupações presentes nas soluções espaciais que o trabalho de Lina desvela".

Para Noemi, a voz de Lina como escritora e oradora é de igual importância para seus projetos e edifícios, por isso sua voz pode ser "ouvida" como uma chuva de citações exibidas por mãos de papel (motivo frequentemente esboçado por Lina), desenhada pela artista Madelon Vriesendorp, antes de entrar nas duas seções que encerram as instalações. A primeira olha para o mundo íntimo de Lina, trazendo fotografias de Ioana Marinescu e um vídeo de Tapio sobre a vida que ela criou para si mesma e seu marido Pietro Maria Bardi na Casa de Vidro (1950), no bairro paulistano Morumbi, mostrando os objetos da cultura popular brasileira que Lina colecionava e seu mobiliário eclético.

A segunda seção contém a principal instalação que explora a face pública de Lina Bo Bardi. São exibidos objetos produzidos durante os workshops que Madelon organizou com crianças no Solar do Unhão, combinando objetos inspirados na cultura popular brasileira e artefatos confeccionados por artesãos brasileiros encontrados em mercados locais. Os vídeos de Tapio Snellman, por sua vez, procuram captar a vida do Sesc Pompeia, seus detalhes arquitetônicos e sua relação com a cidade de São Paulo.

Três poltronas “Bowl Chair”, projetadas por Bo Bardi em 1951 e agora fabricadas em edição limitada pela indústria de design italiana Arper, são exibidas em torno de mesas projetadas pelo coletivo Assemble. A exposição também inclui um filme sobre o “Lina Bo Bardi Fellowship”, programa  que, desde 2013, teve quatro edições realizadas pelo British Council, o Sesc São Paulo e o Instituto Lina Bo e P.M. Bardi com o objetivo de proporcionar a arquitetos, designers e outros profissionais baseados no Reino Unido a oportunidade de viajar ao Brasil para explorar o trabalho e legado de Lina. Uma extensa cronologia escrita por Renato Anelli, arquiteto e diretor do Instituto Lina Bo e P.M. Bardi, finaliza a exposição.

“Acima de tudo, Lina Bo Bardi respeitava as pessoas, sua energia, expressão e liberdade coletiva. Procurou romper as hierarquias e divisões, criando edifícios que refletem a textura e a diversidade de seu país por adoção, o Brasil. Ao longo de sua produção, que abarcou a arquitetura, design de mobiliário, curadoria, escrita, ilustração e cenários, ela mostrou sua visão de mundo e sua integridade, dando vida a seu ideário social e criativo. Para Lina, um brinquedo artesanal poderia ficar ao lado de uma tela De Chirico ou um móbile de Calder, e inspirar uma nova conversa”, declara Noemi.

"Lina Bo Bardi: Together" foi exibida pela primeira vez no British Council de Londres em setembro de 2012, marcando o início do programa “Transform” de intercâmbio artístico e cultural com duração de quatro anos entre o Reino Unido e o Brasil. Até então pouco difundido internacionalmente, o legado de Lina Bo Bardi, após passagem em diversos países, vem ganhando as páginas de publicações internacionais especializadas, atestando a importância e a atualidade de sua produção.

CONTATO

Adelante Comunicação Cultural

Décio Hernandez Di Giorgi  

decio.di.giorgi@gmail.com 

(11) 3589 6212 / 9 8255 3338

Assessoria de Imprensa Sesc Pompeia:

Fernanda Porta Nova 

Telefone: (11) 3871-7720

imprensa@pompeia.sescsp.org.br

Juliana Gontad

Telefone: (11) 3871-7740

julianag@pompeia.sescsp.org.br

Serviço

Exposição: "Lina Bo Bardi: Together"

Período expositivo: de 11 de outubro a 11 de dezembro de 2016

Horários: Terça a sábado, das 10h às 21h; Domingos e feriados, das 10h às 19h

Livre | Grátis

SESC Pompeia – Rua Clélia, 93. Telefone: (11) 3871 7700

Não temos estacionamento. Para informações sobre outras programações, acesse o portal sescsp.org.br/pompeia

Informações para a imprensa:

Adelante Comunicação Cultural

Décio Hernandez Di Giorgi  

decio.di.giorgi@gmail.com 

(11) 3589 6212 / 9 8255 3338

Assessoria de Imprensa Sesc Pompeia:

Fernanda Porta Nova 

Telefone: (11) 3871-7720

imprensa@pompeia.sescsp.org.br

Juliana Gontad

Telefone: (11) 3871-7740

julianag@pompeia.sescsp.org.br

Sobre o British Council

O British Council é a organização internacional do Reino Unido para a promoção de relações culturais e oportunidades educacionais. Seu trabalho visa o compartilhamento de experiências e a criação de laços de confiança a partir do conhecimento e troca de ideias entre as pessoas ao redor do mundo. Está presente em mais de 100 países e trabalha com parceiros como governos, ONG’s e o setor privado em ações relacionadas à difusão do idioma inglês, cultura, artes, educação e programas sociais.

Sobre o SESC

O Sesc - Serviço Social do Comércio - é fruto de um sólido projeto cultural e educativo que trouxe, desde sua criação pelo empresariado do comércio e serviços em 1946, a marca da inovação e da transformação social. Assim, o Sesc desenvolve uma ação de educação não formal e permanente com intuito de valorizar as pessoas ao estimular a autonomia pessoal, a interação e o contato com expressões e modos diversos de pensar, agir e sentir.