Terça-feira, 19 de Abril de 2016

Royal Northern Sinfonia se apresenta com regência e solo de Olli Mustonen em São Paulo e no Rio de Janeiro

Pela primeira vez no Brasil, a orquestra toca no MASP e na Cidade das Artes, respectivamente nos dias 10 e 11 de maio; repertório traz obras de Mustonen, Shostakovich, Albinoni e Felix Mendelssohn; grupo também realiza workshop com jovens músicos da Orquestra de Cordas Infantojuvenil do Guri Santa Marcelina, no dia 9

Em maio, a Royal Northern Sinfonia, considerada pela crítica especializada a melhor orquestra profissional do nordeste da Inglaterra, se apresenta pela primeira vez no país a convite do British Council, por ocasião da 3ª edição da Conferência Internacional MultiOrquestra, organizada pela entidade britânica no Brasil. O grupo toca no dia 10, no Auditório MASP Unilever, em São Paulo, às 19h30, e no dia 11 desembarca no Rio de Janeiro para recital na Cidade das Artes, às 21h.

Nas duas apresentações, o repertório percorre quatro períodos da música erudita, revelando a versatilidade da RNS: as apresentações trazem Concerto triplo, de Olli Mustonen, Concerto para piano nº 1 em dó menor, de Dmitri Shostakovich, Concerto para oboé em ré menor, do barroco Tommaso Albinoni, e Sinfonia nº 4 em lá menor, “Italiana”, do romântico Felix Mendelssohn-Bartholdy. O finlandês Olli Mustonen, que rege os 41 integrantes do grupo, é um dos solistas das apresentações, além de ter uma de suas obras incluída no programa.

Na segunda-feira 9, os músicos da Royal também ministram workshop para cerca de 40 alunos do Guri Santa Marcelina que compõem a Orquestra de Cordas Infantojuvenil. Eles se reúnem no polo Júlio Prestes, uma das unidades do programa de educação musical e inclusão sociocultural que fica no centro da capital paulista. A atividade pedagógica será composta de aula teórica, seguida de prática de conjunto em música de câmara. A iniciativa integra a agenda educativa do Transform Orchestra Leadership (TOL), programa do British Council que busca encorajar trocas de experiências e melhores práticas no setor de orquestras entre o Brasil e o Reino Unido.

Ainda em sua visita, a Royal Northern Sinfonia se apresenta na manhã do dia 10 de maio, na abertura da Conferência Internacional MultiOrquestra, para os participantes do evento, no Sesc Bom Retiro, em São Paulo.

Programa

OLLI MUSTONEN Concerto Triplo

DMITRI SHOSTAKOVICH Concerto para Piano Nº1 em Dó menor

[intervalo]

TOMMASO ALBINONI Concerto para Oboé em Ré menor

FELIX MENDELSSOHN-BARTHOLDY Sinfonia Nº4 em Lá menor

A Orquestra

Formada em 1958, a Royal Northern Sinfonia tem a reputação de ser uma orquestra criativa, versátil, com performances vibrantes e virtuosísticas. Sediada no centro de música Sage Gateshead, é a única orquestra do Reino Unido a ter seu próprio edifício construído com o propósito de acolher todos os seus ensaios, concertos e gravações.

A orquestra é dirigida por Lars Vogt, artista cuja virtude e compromisso em comunicar os mais profundos valores da música orquestral não têm limites. A Royal conta com um rol de artistas renomados globalmente com os quais compartilha um repertório diversificado de música orquestral. Nos anos recentes, essas parcerias incluíram Sir Mark Elder, Pierre Laurent-Aimard, Yannick Nézet-Séguin e Ian Bostridge, assim como vocalistas populares como Sting, The Pet Shop Boys e Efterklang.

Aberta em sua abordagem e abrangente em seu alcance, a RNS engaja a comunidade em seu entorno, assim como audiências pelo mundo; participa de residências em festivais de Aldeburgh a Hong Kong, se apresenta regularmente na BBC Proms, assim como no Edinburgh Festival. De volta a Sage Gateshead, a RNS trabalha com adultos de todas as idades e jovens, através do programa Young Musicians e do projeto In Harmony, que a exemplo do “El Sistema” venezuelano, promove uma excepcional oportunidade de aprendizagem de instrumentos.

Olli Mustonen – regente e solista

Olli Mustonen é compositor, pianista e regente. Nascido em Helsinki, foi aluno de proeminentes pianistas finlandeses, como Ralf Gothoni, Eero Heinonen e Einojuhani Rautavaara. Como solista, tocou com algumas das melhores formações orquestrais do mundo, como a Royal Concertgebow, a Filarmônica de Berlim e a Sinfônica de Chicago, Moscow Soloists Chamber Orchestra, sob regência de Yuri Bashmet, e no Concerto de Gala e Cerimônia de Encerramento do Winter International Arts Festival em Sochi. Já tocou com a Hungarian National Philharmonic, sob regência de Zoltán Kocsis.  

Como pianista de recitais, Mustonen já se apresentou no Chopin Institute Warsaw,  Diaghilev Festival Perm, Mariinsky Theatre St. Petersburg,  Wigmore Hall, Tampere Hall, Flagey Brussels, Beethoven-Haus Bonn, festivais de piano de Dresden e Ruhr, Symphony Center de Chicago, New York Zankel Hall e Sydney Opera House.

CONTATO
Para mais informações entre em contato com nossa assessoria de imprensa através do email centro.info@britishcouncil.org.br ou ligue para (11) 2126-7500.

Serviço

Workshop – atividade fechada para alunos do Guri Santa Marcelina

Quando: 9 de maio, segunda-feira

Horário: a partir das 14h30

Onde: polo Guri Júlio Prestes

Endereço: Rua Lubavich, 34, 2º andar, Bom Retiro, São Paulo - SP

Concertos

Em São Paulo:

Quando: 10 de maio, terça-feira

Horário: 19h30

Onde: Auditório MASP Unilever

Endereço: Avenida Paulista, 1578 - Cerqueira César, São Paulo - SP

Capacidade: 374 lugares

Duração: 90 minutos (aproximadamente)

Ingressos: R$ 30,00 inteira / R$15,00 meia

Vendas on-line:

Auditório MASP Unilever: http://masp.art.br/masp2010/espetaculo_evento.php

Ingresso Rápido: https://www.ingressorapido.com.br/compras/?id=48323#!/tickets 

No Rio de Janeiro:

Quando: 11 de maio, quarta-feira

Horário: 21h

Onde: Cidade das Artes

Endereço: Avenida das Américas, 5300 - Barra da Tijuca

Capacidade: 1200 lugares

Duração: 90 minutos (aproximadamente)

Ingressos: R$ 50,00 inteira / R$ 25,00 meia

Vendas on-line:

Cidade das Artes: http://www.cidadedasartes.org/programacao/interna/479 

Ingresso Rápido: https://www.ingressorapido.com.br/compras/?id=47861#!/tickets

Cidade das Artes aderiu ao programa Passaporte Cultural

Sobre o British Council

O British Council é a organização internacional sem fins lucrativos do Reino Unido para relações culturais e oportunidades educacionais. Seu trabalho busca estabelecer a troca de experiências e criar laços de confiança por meio do intercâmbio de conhecimento e de ideias entre pessoas ao redor do mundo. A organização está presente em mais de 100 países e trabalha com parceiros como os governos em diversas instâncias, organizações não-governamentais e iniciativa privada, em ações relacionadas à promoção da língua inglesa, cultura, artes, educação e programas sociais.