Prof Ewerton Batista Duarte em escola da África do Sul. Visita foi parte do programa Connecting Classrooms, do British Council. Foto: Arquivo Pessoal.
O professor Ewerton Batista Duarte e seus alunos durante visita à escola na África do Sul. Parceria foi estabelecida através do programa Connecting Classrooms. ©

Arquivo pessoal.

Desenvolvi dois projetos pelo Connecting Classrooms no Colégio Técnico Opção, em São José dos Campos, no interior de São Paulo.

Em 2015, levei 14 alunos para fazer intercâmbio na África do Sul. Aproveitamos a viagem para visitar os alunos e professores da escola Ryland's High School, na Cidade do Cabo, com os quais nos comunicamos durante um ano através do Connecting Classrooms.  

Meus alunos tiveram a oportunidade de participar de aulas de história, biologia e matemática na escola Ryland's. Eu fui convidado para dar uma aula de literatura estrangeira e cultura brasileira. De verdade, foi a melhor experiência de ensino da minha vida. A interação com os alunos sul-africanos me permitiu mergulhar em outras representações culturais e sociais, contribuindo muito para minha prática diária no Colégio Opção. 

Não é possível descrever o carinho e a energia que os alunos e professores tiveram conosco. Eles até montaram um banquete para nós e nos levaram para uma cerimônia na mesquita deles. Percebemos que o Brasil e a África do Sul têm muitas coisas em comum, principalmente, o apego e a generosidade – todos choramos na hora da despedida!

Prof Ewerton Batista Duarte com professora e aluna de sua escola parceira na Rússia. Atividade foi parte de seu projeto no Connecting Classrooms. Foto: Arquivo pessoal.
O Colégio Opção também recebeu a visita de uma professora e aluna da escola parceira de Ewerton na Rússia. ©

Arquivo pessoal.

Em 2016, recebemos uma professora de inglês e uma aluna do colégio Chemical Lycee, em Kazan, na Rússia. Elas ficaram um mês no Colégio Opção, tendo aulas de várias disciplinas e participando de atividades culturais. Fomos ao cinema, boliche, parques... Elas tomaram açaí e caldo de cana pela primeira vez! 

Meus alunos amaram a interação com a professora Güzel e a aluna Nargiza. Aprendemos muito sobre a cultura russa, as músicas e os costumes diversos.

A escola delas é um internato para alunos habilidosos em química, então a troca de experiência realmente trouxe muitos benefícios para minha formação enquanto educador global e, sem dúvidas, para toda a comunidade escolar. Apesar de complexo, aprendemos também a falar um pouco de russo. 

Obrigado pela oportunidade, British Council! Quero sempre conectar minhas aulas com o mundo! 

Ewerton Batista Duarte é Professor de Língua Inglesa do Colégio Técnico Opção, em São José dos Campos (SP)