Instalação da artista brasileira radicada Reino Unido, Lucia Nogueira
Instalação da artista brasileira radicada Reino Unido, Lucia Nogueira ©

Bienal 

Date
Sexta-feira, 07 de Setembro de 2018 - 09:00Domingo, 09 de Dezembro de 2018 - 19:00

Sob o título ​Afinidades afetivas, a ​33ª Bienal privilegia questões sobre a atenção, a experiência do público e dos artistas participantes.

Modelo alternativo ao de temática única traz doze projetos individuais selecionados pelo curador-geral Gabriel Pérez-Barreiro e sete mostras coletivas organizadas por artistas-curadores convidados. De 7 de setembro a 9 de dezembro de 2018, a 33ª Bienal de São Paulo ​– Afinidades afetivas vai privilegiar a experiência individual do espectador.

O título escolhido pelo curador-geral Gabriel Pérez-Barreiro – apontado pela Fundação Bienal de São Paulo para conceber a mostra – remete ao romance de Johann Wolfgang von Goethe Afinidades eletivas (1809) e à tese “Da natureza afetiva da forma na obra de arte” (1949), de Mário Pedrosa. O título não pretende direcionar a exposição tematicamente, mas caracteriza sua organização a partir de afinidades artísticas e culturais entre os envolvidos.

Presença e atenção são as premissas dessa edição, numa reação a um mundo de verdades prontas, no qual a fragmentação da informação e a dificuldade de concentração levam à alienação e à passividade. Para esta edição, ao lado dos doze projetos individuais eleitos por Pérez-Barreiro, o curador-geral convidou sete artistas-curadores para conceber mostras coletivas com total liberdade na escolha dos artistas e seleção das obras – a única estipulação foi que incluíssem trabalhos de sua própria autoria.

 

Artistas britânicos / radicados no Reino Unido:

  • Lucia Nogueira
  • Claudia Fontes
  • Ben Rivers
  • Sebastian Castagna
  • Sarah Lucas
  • Anthony Caro
  • Richard Hamilton

 

Saiba mais informações no site oficial da 33ª Bienal