O British Council, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e as Fundações de Amparo à Pesquisa de Distrito Federal (FAPDF), Pernambuco (Facepe), Ceará (Funcap), Alagoas (Fapeal) e Paraíba (Fapesq) lançam a nova chamada do programa Institutional Links com a utilização de recursos do Newton Fund no Brasil. 

CHAMADA ENCERRADA

O que é o Institutional Links

O Institutional Links, operacionalizado pelo British Council, aceita propostas para um conjunto de atividades de cooperação entre instituições brasileiras e britânicas incluindo workshops, missões, palestras e outras atividades de intercâmbio que podem ser realizadas por um período de até dois anos. 

O programa é destinado a estabelecer conexões além do nível individual do pesquisador e do agente de inovação, expandindo oportunidades para colaborações mais sustentáveis e orientadas à solução de problemas entre grupos acadêmicos, setor privado e terceiro setor (ONGs, pequenas e médias empresas, centros de transferência de tecnologia e outras organizações sem fins lucrativos).

Orientações para candidatura

Esta chamada visa incentivar parcerias entre instituições localizadas nos estados elegíveis e instituições britânicas de ensino superior e/ou pesquisa, dentro do tema Vírus Zika, a ser abordado de forma interdisciplinar, envolvendo pesquisa aplicada e tendo como foco central o desenvolvimento de capacidades para responder ou prevenir os impactos sociais da síndrome congênita do Zika no Brasil.

Esta chamada irá financiar até 10 (dez) propostas, com orçamento mínimo de £ 50.000 (cinquenta mil libras) ou £ 65.000 (sessenta e cinco mil libras esterlinas), dependendo do estado, e máximo de £ 100.000  (cem mil libras esterlinas). Mais detalhes sobre alocação de orçamento podem ser encontradas no documento Budget Allocation Guidance, disponível para download no final desta página.

As propostas devem ter duração entre 18 e 24 meses e atender ao menos a uma das temáticas do escopo, descritas no item Elaboração de propostas.

INSTITUIÇÕES E PESQUISADORES ELEGÍVEIS

Alagoas, Ceará, Distrito Federal, Paraíba e Pernambuco

Esta chamada financiará ao menos uma proposta de cada um dos cinco estados mencionados acima, que deverá ter como proponente principal um pesquisador de um destes cinco estados e um coproponente de outro destes cinco estados.

Os proponentes devem ser pesquisadores seniores de instituições de ensino superior ou organizações de pesquisa sem fins lucrativos que demonstrem a relevância de seu trabalho nos temas do escopo desta chamada e que estejam filiadas às Fundações de Amparo à Pesquisa (FAPs) dos estados mencionados, a saber: Fapesq, FAPDF, Facepe, Fapeal e Funcap.

Além disso, estes pesquisadores devem demonstrar a relevância de seu trabalho nos temas da presente chamada. Serão consideradas evidências de relevância: títulos, publicações, colaborações internacionais, orientação, experiência/vivência em comunidades ribeirinhas ou similares e/ou supervisão.

Amazonas, Bahia, Ceará*, Distrito Federal*, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco*, Piauí, Rio de Janeiro e Rondônia

Esta chamada visa atrair entre 5 e 7 propostas dos estados mencionados acima. Serão considerados elegíveis como proponentes (coordenadores principais do projeto) somente pesquisadores seniores ou servidores da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) em atividade de pesquisa na instituição.

Observação: pesquisadores em exercício da Fiocruz no Ceará, Distrito Federal e Pernambuco poderão se candidatar para financiamento de projetos com recursos das FAPs parceiras desde que cumpram com os requisitos de elegibilidade para acessar estes recursos, conforme estabelecido no ponto anterior.

Os pesquisadores devem demonstrar a relevância do seu trabalho nos temas da presente chamada e estar alinhados ao “Plano Fiocruz para Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional”. Devem apresentar produção científica e/ou técnica compatíveis com a Missão da Fiocruz, as linhas de pesquisa, sob a forma de publicações, teses, capacitações, serviços, patentes.

Pesquisadores do Reino Unido

Os proponentes britânicos devem ser pesquisadores seniores de instituições de ensino superior ou organizações de pesquisa sem fins lucrativos ou Catapult Centres, demonstrando também a relevância de seu trabalho nos temas do escopo desta chamada. Serão consideradas evidências de relevância: títulos, publicações, colaborações internacionais, orientação, experiência/vivência.

Elaboração de propostas

Esta chamada pública tem o objetivo de contribuir para a geração de conhecimento, metodologias, protocolos e programas de treinamento para os profissionais de saúde, pesquisadores de diversas disciplinas e diferentes setores da comunidade, todos envolvidos ou impactados pelo Zika, buscando diminuir os impactos na saúde e sociais deste vírus.

Cada proposta deve ter um proponente brasileiro e outro proponente do Reino Unido, e ser submetida conjuntamente no site global do British Council. Ambas as instituições, brasileira e britânica, devem ter capacidade de administrar a concessão. Além disso, as propostas cofinanciadas pelas FAPs parceiras e que tenham participação de pesquisadores seniores da Fiocruz como parte da equipe do projeto poderão utilizar recursos em espécie e plataformas disponibilizadas pela Fiocruz.

Instituições selecionadas poderão incluir instituições parceiras (sem fins lucrativos) associadas para a execução do projeto. Pesquisadores líderes são encorajados a incluir em suas propostas parceiros associados afiliados a outros estabelecimentos de pesquisa ou ensino superior e centros de transferência de tecnologia (technology transfer offices).

ORIENTAÇOES TEMÁTICAS

As propostas deverão abranger um ou mais dos seguintes pontos do escopo de trabalho:

  • Abordagens interdisciplinares de pesquisa aplicada com impacto social da síndrome congênita Zika em recém-nascidos e lactantes de mães que tenham passado pela infecção do vírus Zika durante a gravidez.
  • Design de programas de treinamento e cursos relevantes, incluindo cursos de extensão, para profissionais da saúde e comunidade impactada (médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, psicoterapeutas, dentistas, assistentes sociais, técnicos e assistentes de enfermagem) em apoio a crianças afetadas pelo vírus Zika.
  • Design e aplicação de metodologias para o tratamento de pacientes com a síndrome congênita Zika e as consequências associadas.
  • Melhorias em protocolos de vigilância de saúde associados com a síndrome congênita Zika.
  • Iniciativas baseadas em ações comunitárias focadas nas vulnerabilidades associadas à síndrome congênita Zika.
  • Desenvolvimento de supervisões sistemáticas conjuntas sobre as consequências da infecção do vírus Zika.
  • Produção e entrega de conteúdo digital para profissionais da saúde em temas relacionados ao vírus Zika.

PRODUTOS ESPERADOS

  • Programas de treinamento e cursos.
  • Metodologias e protocolos.
  • Um universo significante de profissionais treinados.
  • Publicações e conteúdo digital.
  • Oferta para residência profissional em áreas de estudo do vírus Zika.
  • Capacidade institucional instalada.
  • Pesquisa que alcance o Sistema Único de Saúde (SUS) e seus pacientes através de metodologia aplicada, pesquisa e produção de conhecimento.

Os projetos deverão gerar os produtos esperados no prazo entre 18 e 24 meses. 

Orçamento disponibilizado

Para proponentes principais do Distrito Federal, Pernambuco, Alagoas, Paraíba e Ceará estarão disponíveis de £ 50.000 (cinquenta mil libras esterlinas) até £ 100.000 (cem mil libras esterlinas), sendo que 50% desse recurso será desembolsado pela respectiva FAP ao pesquisador principal brasileiro e 50% será desembolsado pelo Fundo Newton ao pesquisador principal britânico.

Para proponentes principais da Fiocruz, a chamada financiará propostas entre £ 65.000 (sessenta e cinco mil libras esterlinas) e £ 100.000 (cem mil libras esterlinas); 50% deste recurso será disponibilizado pela Fiocruz através de recursos internos, Edital Integrado Insumos Estratégicos - FioEmerge, rede de plataformas tecnológicas de pesquisa e ensino e demais recursos especificados nos alinhamentos para preparação do orçamento - Budget Allocation Guidance. Os outros 50% serão desembolsados pelo Fundo Newton ao pesquisador principal britânico.

Para preparação de todas as propostas, por favor consultar o Budget Allocation Guidance, disponível para download no final desta página.

Como encontrar instituições parceiras no Reino Unido

A International Unit ajuda organizações brasileiras a encontrar instituições com interesses similares no Reino Unido para projetos do British Council financiados pelo Fundo Newton. Para encontrar um parceiro britânico, preencha o formulário no site da International Unit (em inglês) e seu anúncio ficará disponível para a comunidade acadêmica do Reino Unido.

Em caso de dúvidas, escreva para newton@international.ac.uk indicando o assunto “Institutional Links – Brazil July call".

Como se candidatar 

Esta chamada foi encerrada em 16 de outubro de 2016, às 23h59 (horário de Brasília).

Avaliação e resultados

A avaliação das propostas de realizará através de comités científicos independentes, no Reino Unido e no Brasil. O resultado será divulgado no site do British Council Brasil no dia 30 de novembro de 2016.

Dúvidas

Para dúvidas em relação ao formulário e à chamada global, entre em contato (em inglês) pelo email UK-InstitutionalLinks@britishcouncil.org

Em caso de dúvidas quanto à elegibilidade de sua organização, entre em contato pelo email newton@britishcouncil.org.br