O British Council e o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap) lançaram, em 3 de abril de 2017, a chamada 2017/2018 do programa Researcher Links com a utilização de recursos do Newton Fund no Brasil. 

O que é o Researcher Links

O programa Researcher Links tem como objetivo apoiar a realização de workshops científicos que sirvam como plataformas para a colaboração entre cientistas brasileiros e britânicos. Estes workshops são coordenados por pesquisadores seniores de reconhecida competência nos seus campos de atividades. Os dois coordenadores (um pesquisador britânico e um brasileiro) poderão identificar quatro outros pesquisadores líderes, dois de cada país, para participar como mentores, e os demais participantes deverão ser pesquisadores em início de carreira de ambos os países (entre 12 a 17 de cada país). 

Os workshops deverão ser em inglês e com duração entre 3 a 5 dias.

Workshops selecionados

Estado Título da proposta Pesquisadores proponentes Data
SP Identifying and addressing shared challenges in conducting health and social care research for older people (OPAL) Alessandro Ferrari Jacinto (Faculdade de Medicina de Botucatu, Unesp) e Adam Gordon (University of Nottingham) 11 a 15 de junho de 2018
SP Food security for vulnerable populations: the fungal threat Gustavo Henrique Goldman (Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto, USP) e Simon Avery (University of Nottingham) 11 a 14 de setembro de 2018
DF Migration policies and Urban Spaces: Latin American immigrants in Brazil and the United Kingdom in the 21st century Leonardo Cavalcanti (Universidade de Brasília - UnB) e Michael Keith (University of Oxford) A confirmar
GO Geohazard Risk Reduction in Unplanned Urban Areas André Carlos Silva (Universidade Federal de Goiás) e Omar Hamza (University of Derby) 10 a 14 de setembro de 2018
PA Off-grid Microgrids for the Electrification of Remote Communities Workshop Wilson Macedo (Universidade Federal do Pará) e Jianzhong Wu (Cardiff University) 10 a 13 de setembro de 2018
SC Social-Ecological Resilience to River Floods and Other Associated Risks (financiado integralmente pela Fapesc) Cristiane Mansur de Moraes Souza (Universidade Regional de Blumenau) e Menaha Thayaparan (London South Bank University) 21 a 25 de maio de 2018
SC How, and why, do ecosystem services differ within and between temperate and sub-tropical freshwater systems? Mauricio Petrucio (Universidade Federal de Santa Catarina) e Anne Robertson (University of Roehampton) 21 a 25 de janeiro de 2019
SC Accessible Infrastructures for the Mobility & Education of Blind People Alejandro Garcia (Universidade do Vale de Itajai) e Marion Hersh (University of Glasgow) 23 a 17 de agosto de 2018
SC Modelling tools to assess microbiological risks in bathing waters and shellfish harvesting areas Luis Hamilton Pospissil Garbossa (Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina - Epagri) e Paulette Posen (Centre for Environment, Fisheries and Aquaculture - Cefas) 30 de julho a 2 de agosto de 2018
SC Governance And Actor Roles In Sustainable Development in a Global-Local Framework Giovanni Olsson (UNOCHAPECÓ) e Neil Gordon Macdonalf Renwick (Coventry University) A confirmar
SC Energy Epidemiology: using building data to support energy and carbon policy in Latin America (financiado integralmente pelo Newton Fund) Roberto Lamberts (Universidade Federal de Santa Catarina) e Paul Ruyssevelt (University College London) A confirmar
MG Infectious diseases in Brazil - raising the profile Antonio Ribeiro (Universidade Federal de Minas Gerais) e James Batchelor (University of Southampton) 22 a 24 de maio de 2018

Em breve, divulgaremos os resultados dos demais estados participantes.

Os workshops selecionados deverão ser realizados até 31 de agosto de 2018.

Informações sobre esta chamada

Estados participantes desta chamada

  • Alagoas - FAPEAL
  • Distrito Federal - FAPDF
  • Espírito Santo - FAPES 
  • Goiás - FAPEG
  • Maranhão - FAPEMA 
  • Mato Grosso do Sul - FUNDECT
  • Minas Gerais - FAPEMIG
  • Pará - FAPESPA
  • Paraíba - FAPESQ
  • Paraná - Fundação Araucária
  • Pernambuco - FACEPE
  • Piauí - FAPEPI
  • Santa Catarina - FAPESC
  • São Paulo - FAPESP

Critério transversal para propostas de workshops

A proposta deve trazer um benefício social para o Brasil, ou seja, demonstrar impacto direto ou indireto em populações vulneráveis ou de baixa renda. Todos os projetos financiados pelo Newton Fund seguem os critérios da OECD para investimento tipo ODA (sigla em inglês para Assistência Internacional para o Desenvolvimento). Mais detalhes no site global do Newton Fund.

Temas elegíveis

Os workshops devem abordar um dos seguintes temas:

  • Agricultura - especialmente voltada à pequena propriedade;
  • Clima e meio ambiente (mudança climática, tecnologia verde, desenvolvimento sustentável, serviços de ecossistema, escassez de recursos);
  • Energia renovável e energia limpa;
  • Educação;
  • Crescimento econômico inclusivo;
  • Saúde (doenças negligenciadas);
  • Água e saneamento;
  • Alimentação e nutrição (incluindo segurança alimentar);
  • Mudança demográfica/migração/urbanização (foco em urbanização e direitos humanos e transformação urbana);
  • Infraestrutura (infraestrutura para desenvolvimento – foco em comunidades remotas);
  • Desastres humanitários e emergências;
  • Governança, sociedade e conflito (transparência, accountability, instituições eficientes, direito a terra e recursos naturais com foco em populações indígenas, justiça criminal, diminuição da pobreza, desenvolvimento social, desigualdades estruturais, processos de pacificação [peace building], sociedade civil);
  • Coleta, análise de qualidade e acesso a dados relevantes aos índices de desenvolvimento (incluindo informações administrativas e estatísticas macroeconômicas).
  • Zika vírus.

Requisitos para candidatura

Propostas devem ser submetidas conjuntamente por dois pesquisadores, um brasileiro dos estados participantes e um britânico. Os proponentes devem ser pesquisadores seniores, ou seja, que consigam demonstrar a relevância de seu trabalho em seu campo de conhecimento. Serão consideradas evidências de relevância: títulos, publicações, colaborações internacionais, orientação e/ou supervisão.

O proponente no Brasil deve estar filiado a uma universidade ou instituição/centros de pesquisa, públicos ou privados sem fins lucrativos, nos estados mencionados anteriormente.

Financiamento disponível

O valor disponível para o financiamento de cada workshop é de até £ 50,000 (cinquenta mil libras esterlinas).

Prazo para candidatura

Esta chamada foi encerrada no dia 13 de junho de 2017.

Avaliação e resultados

A avaliação das propostas será realizada por meio do Comitê Científico Independente, no Reino Unido, e pelos parceiros no Brasil (FAPs signatárias), segundo o cronograma abaixo:

Período de avaliação: entre Julho e Setembro de 2017
Anúncio dos resultados: meados de Outubro de 2017
Empenho do recurso (Grant Making): meados de Dezembro de 2017

Para mais informações, veja o documento Guidelines for Applicants disponível na área de downloads no final desta página.