O programa Researcher Links tem como objetivo apoiar a realização de workshops científicos que sirvam como plataformas para a colaboração internacional entre cientistas de países parceiros e pesquisadores britânicos. Estes workshops são coordenados por pesquisadores seniores de reconhecida competência nos seus campos de atividades.

O Researcher Links Trilateral é uma chamada inédita que convida pesquisadores de três países – Reino Unido, Brasil (especificamente do Estado de São Paulo) e Uruguai – a apresentar propostas conjuntas para realização de workshops tripartites. 

Os workshops deverão ser em inglês e com duração entre 3 a 5 dias. Os três coordenadores (um pesquisador britânico, um uruguaio e um paulista) poderão identificar até três outros pesquisadores líderes, sendo um de cada país, para participar como mentores. Os demais participantes deverão ser pesquisadores em início de carreira (entre 8 a 12 de cada um dos três países). 

Propostas selecionadas

Tema do workshop Proponentes Data e Local

Translating Knowledge Into Innovation: exploring the potential of bio-soft matter science in agrifood production - chamada aberta

Hermes Gadelha (University of York), Jose Alberto Cuminato (Universidade de São Paulo – Campus São Carlos), Raul Donangelo (Universidad de la República)

19 a 23 de março de 2018, em Guarujá (SP)

Climate Change Initiative for Adaptation, Resilience and Mitigation (CCIARM)

Tristan Pryer (University of Reading), Horaldo Campos Velho (INPE - National Institute of Space Research), Ernesto Mordecki (Universidad de la República)

24 a 28 de março de 2017, em São José dos Campos (SP)

How Anthropology Can Contribute to Affirmative Action in South America in the Fields of Human Rights, Gender Equality and Environmental Sustainability

Margaret Bolton (University of Aberdeen), Suely Kofes (Universidade Estadual de Campinas), Susana Rostagnol (Universidad de la República)

20 a 24 de fevereiro de 2017, em Montevidéu (Uruguai)

 

Dúvidas

Assista ao vídeo da nossa sessão informativa sobre as principais dúvidas relacionadas a este programa.

Quem pode participar?

Propostas devem ser submetidas conjuntamente por três pesquisadores filiados a universidades ou instituições/centros de pesquisa, públicos ou privados sem fins lucrativos, do Brasil (especificamente, do Estado de São Paulo), Uruguai e Reino Unido. 

Os proponentes devem ser pesquisadores seniores, ou seja, que consigam demonstrar a relevância e a excelência de seu trabalho em seu campo de conhecimento. Serão consideradas evidências de relevância: títulos, publicações e citações, colaborações internacionais, orientação e/ou supervisão.

Onde serão os workshops?

Os workshops poderão acontecer no Estado de São Paulo ou no Uruguai.

Temas elegíveis

  • Gestão de recursos naturais
  • Saúde
  • Agricultura / Produção de alimentos
  • Fontes de energia alternativas e renováveis
  • Ciências sociais
  • Direitos humanos (especificamente: temas de gênero, inclusão social)
  • Urbanização e desenvolvimento sustentável
  • Adaptação às mudanças climáticas e resiliência
  • Doenças negligenciadas, incluindo Zika Virus 

Critério transversal para propostas de workshops

A proposta deve trazer um benefício social para os países parceiros (Brasil e Uruguai), ou seja, demonstrar impacto direto ou indireto em populações vulneráveis ou de baixa renda e também contribuir para o avanço da ciência.

Todos os projetos financiados pelo Newton Fund seguem os critérios da OECD para investimento tipo ODA (sigla em inglês para Assistência Internacional para o Desenvolvimento). Mais detalhes no site global do Newton Fund.

Orçamento disponibilizado

O valor disponível para o financiamento de cada workshop é de até £55,000 (cinquenta e cinco mil libras esterlinas), a ser disponibilizado pelas instituições financiadoras – Newton Fund/British Council, ANII e Fapesp.

Orientações gerais para candidatura

Todas as propostas devem ser submetidas em duas partes: pelo formulário online disponível no site global do British Council (em inglês) e via correio para a Fapesp. Para mais informações sobre o processo, orçamento e critérios de elegibilidade, veja o documento Guidelines for Applicants disponível na área de downloads no final desta página.

Prazo para envio de propostas

Chamada encerrada. A chamada permaneceu aberta até as doze horas do horário de Brasília (16 horas no horário do Reino Unido), do dia 27 de junho de 2016.

Para as propostas submetidas por correio à Fapesp pelo pesquisador do Estado de São Paulo, será considerada a data de postagem, tendo como prazo máximo o dia 27 de junho de 2016.

Links externos