Ximena Garrido-Lecca Insurgencias Botánicas: Phaseolus Lunatus, 2017. Vista da instalação. Foto: Ramiro Chavez.
Date
Sábado, 08 de Fevereiro de 2020Domingo, 15 de Março de 2020
Location
São Paulo

A 34º Bienal de São Paulo propõe como temática de trabalho em 2020 “Though it is dark, still I sing” (Faz escuro mas eu canto), que enfatiza poéticas da “relação”, a partir de autores como Édouard Glissant e Eduardo Viveiros de Castro, e adota uma estrutura de funcionamento inovadora, por meio de mostras e ações apresentadas no Pavilhão da Bienal, a partir de 8 de fevereiro de 2020.

Por meio do novo programa Building Pathways, o British Council apoia a Bienal de São Paulo e a participação britânica em exposições e atividades de formação em artes, assim como diálogos públicos.

Neste ano, as atividades da Bienal se iniciam com a artista Ximena Garrido-Lecca, que vive e trabalha entre Lima e a Cidade do México. Seu trabalho examina a história do Peru e explora o impacto cultural dos padrões coloniais que são transmitidos através dos processos de globalização.

Haverá ainda a performance inédita de A Maze in Grace, de Neo Muyanga, em que um grande coro de vozes irá performar uma nova composição de sua autoria, baseada na canção Amazing Grace, frequentemente apresentada como um hino para marcar rituais de trauma e luto público ou para conjurar afeto durante reuniões políticas de massa em diferentes partes da África e do mundo anglófono.

A programação completa da Bienal de São Paulo será divulgada nos próximos meses e as atividades incluem a participação de artistas e pesquisadores britânicos como Elvira Dyangani Ose e Lynette Yiadom-Boakye.

Mais 25 organizações são parceiras da 34º Bienal de São Paulo. Parte das atividades de formação contarão com o apoio do British Council em parceria com Goethe-Institut.

Serviço

8 de fevereiro de 2020

Abertura de exposição - Ximena Garrido-Lecca: 9h – 18h

Neo Muyanga com Legítima Defesa + Bianca Turner: 11h 

 

34ª Bienal de São Paulo – Faz escuro mas eu canto

Pavilhão Ciccillo Matarazzo, Parque Ibirapuera

Entrada gratuita