Capa do relatório Reflexões sobre juventudes e liderança para políticas públicas no Brasil

A população jovem brasileira tem incidido ativamente no debate sobre políticas públicas no país nos últimos anos e, apesar de se mostrar menos interessada na política tradicional, busca outras formas de participação, de caráter mais informal, local e orgânico. É o que mostra o estudo inédito Reflexões sobre juventudes e liderança para políticas públicas no Brasil, elaborado pelo British Council em conjunto com o GIP - Gestão de Interesse Público.

A partir de pesquisas e dados oficiais, o levantamento apresenta informações sobre o comportamento do jovem hoje com relação à política e outros temas relevantes de seu universo, bem como alguns dos desafios que a ele se apresentam. O estudo contou com análises de dados quantitativos de órgãos públicos e institutos de pesquisa, além de entrevistas com representantes de 17 organizações da Sociedade Civil (OSCs) que têm atuações relevantes com as juventudes no Brasil.

Também foi feito um amplo levantamento e análise da produção acadêmica das últimas décadas sobre juventude, com foco em três temas - gênero, inclusão e mudanças climáticas. O objetivo é gerar reflexões e buscar uma agenda positiva que encoraje novas pesquisas e facilite o engajamento das juventudes no desenvolvimento de políticas públicas.

"É essencial munir os jovens de ferramentas e habilidades empoderadoras, com novas iniciativas desenhadas especificamente para fortalecer a participação das juventudes nas instituições democráticas” – Andrew Newton, diretor do British Council no Brasil.

O lançamento do relatório será promovido em parceria com o Em Movimento, aliança de organizações que atuam em prol das juventudes brasileiras. Serão organizados dois webinars sobre o estudo – o primeiro vai acontecer em 18/11, às 16h, e terá foco em mudanças climáticas; o segundo, em data ainda a ser confirmada, tratará de gênero e inclusão. Ambos serão transmitidos ao vivo em nossa página do Facebook.

Veja também