Alunos falam sobre os benefícios de estudar no exterior com o teste IELTS
©

Imagem de garetsvisual no Freepik

Estudar no exterior é objetivo de um número cada vez maior de estudantes brasileiros (as). Duas pesquisas realizadas em maio de 2022, uma feita pelo Google Trends e outra feita pelo Student Travel Bureau (STB), aferiram que, em comparação ao mesmo período de 2021, houve um aumento de 30% na busca por uma bolsa de estudos no exterior – fato ocasionado, principalmente, pela reabertura de fronteiras com a flexibilização conforme o passar da pandemia.

Esse otimismo dos (as) estudantes brasileiros (as) já havia sido comprovado pela pesquisa Belta 2021, realizada pela Associação Brasileira de Agências de Intercâmbio. Na época, uma parcela de 21,7% respondeu que acreditava que poderia fazer o intercâmbio ainda no primeiro semestre de 2022, 26,2% no segundo semestre de 2022 e a maioria (27,1%), considerou possível estudar no exterior em 2023 ou mais tarde.

Se estudar fora do Brasil é uma de suas metas de vida, saiba que muitas das instituições de ensino estrangeiras coloca como requisito a comprovação do domínio da língua inglesa. Para certificar o seu nível de inglês, a pontuação obtida na prova IELTS, sigla de International English Language Testing System, é valorizada por mais de 11.000 organizações, corporativas e acadêmicas, em 145 países. 

Mais à frente neste artigo você terá dicas de como conseguir uma bolsa de estudos no exterior utilizando a pontuação atestada pelo certificado IELTS.

Conheça os países, organizações e universidades que aceitam o IELTS

Por que estudar no exterior?

Mais que uma experiência acadêmica, uma experiência de vida. Confira na tabela abaixo alguns dos principais benefícios de estudar em outro país.

Uma compreensão mais ampla do mundo

  • Uma vez que convivem com hábitos, crenças e valores distintos de sua terra natal, os (as) estudantes estrangeiros precisam se ver fora da caixa para compreender melhor seus próprios valores e preconceitos culturais. 
  • A empatia pela visão que outros povos têm do mundo melhora as competências interculturais e gera maturidade.
  • Os novos conhecimentos adquiridos em uma vivência no exterior podem ajudar a motivação pessoal para encontrar novos propósitos na vida ou até a desenvolver novos interesses.

Desenvolvimento de novas habilidades para a vida

  • Sair da zona de conforto estando longe da família e amigos ensina o (a) aluno (a) a lidar melhor com suas emoções e a tomar iniciativas por conta própria.
  • Uma vez que é necessário se adaptar a uma nova rotina, estudar fora do Brasil aumenta a flexibilidade no dia a dia após retornar ao país de origem. 
  • A educação financeira melhora porque para estudar no exterior é fundamental saber gerenciar o dinheiro buscando economizar em escolhas bem conscientes de onde e no quê gastar.

A capacidade de aprender outros idiomas é maior no exterior

  • Aumentar a fluência em outro (s) idioma (s) desenvolve importantes partes do cérebro.
  • Quem aprende um idioma fora do próprio país tem mais chances de aumentar a competência linguística em geral – ou seja, a experiência no estrangeiro melhora a percepção sobre outras línguas, não somente aquela a que o (a) estudante se dedicou a treinar.

Estímulo à criatividade

  • Ao fazer uma comparação entre um grupo que estudou no exterior e outro que nunca saiu do país de origem, pesquisadores da Universidade da Flórida e da Universidade da Geórgia do Sul indicaram uma relação positiva entre experiências multiculturais e cognição criativa.
  • A principal conclusão foi que estudar em outro país estimula o desenvolvimento de soluções inovadoras para as demandas que surgem em ambientes culturalmente diversos.

Aumento do nível de empregabilidade e das habilidades de carreira

  • Saber lidar com as diferenças é fundamental em ambientes corporativos e ter estudado no exterior faz a diferença na hora de conseguir um emprego.
  • Incluir no currículo os cursos realizados em outros países aumenta as chances de participação em processos seletivos de empresas.

Por que é importante fazer a prova IELTS para estudar no exterior?

Uma das dicas de estudar no exterior com a ajuda de uma bolsa de estudos é se candidatar munido (a) de um certificado oficial de proficiência em língua inglesa.  Por ser um exame robusto cujo nível de complexidade exige conhecimento sólido do idioma inglês, o IELTS tem ampla aceitação nas solicitações de bolsa de estudos em 145 países. Com a pontuação em uma escala de 0 a 9, a prova IELTS é dividida em quatro etapas para aferir as habilidades linguísticas em escrita (Writing), leitura (Reading), compreensão auditiva (Listening) e conversação (Speaking). Uma vez que se trata de um retrato fiel do seu atual domínio do idioma, o teste de inglês IELTS é uma avaliação que não aprova nem reprova

 ​​A prova do IELTS possui quatro versões:

 IELTS Academic

É a versão que avalia se você tem o nível de proficiência em língua inglesa exigido para ingressar em um curso acadêmico, abordando algumas competências da linguagem acadêmica.

 Com a sua pontuação no IELTS Academic você terá uma boa ajuda para como ganhar bolsa de estudos no exterior, principalmente em universidades internacionalmente renomadas. Por exemplo:

  • Na Austrália: Adelaide, Melbourne, Monash, Sydney etc.
  • No Canadá: Alberta, British Columbia, McGill, Montréal, Toronto etc.
  • Nos Estados Unidos: Berkeley, Ivy League (Brown, Columbia, Cornell, Dartmouth, Harvard, Pennsylvania, Princeton e Yale) e MIT.
  • Na Nova Zelândia: Auckland, Cantebury, Lincoln, Otago etc.

IELTS General Training

Recomendada para quem deseja trabalhar no exterior, é a versão que avalia o seu conhecimento da língua inglesa em um contexto cotidiano. As questões e etapas da prova refletem o uso do idioma tanto no trabalho como em situações sociais.

 Aceito em 145 países, o IELTS General Training é recomendado para quem tem a intenção de:

  • Obter formação ou fazer cursos que não sejam na área acadêmica.
  • Trabalhar ou estagiar em um país de língua inglesa.
  • Imigrar para um país de língua inglesa.
  • Destacar-se no mercado de trabalho brasileiro.

IELTS for UKVI e IELTS Life Skills

Essas são as duas versões do IELTS recomendadas para quem deseja estudar no Reino Unido. Vale ressaltar que IELTS for UKVI e IELTS Life Skills têm ampla aceitação em universidades britânicas, por exemplo:

  • Na Escócia: Edinburgh, Glasgow, Heriot-Watt e St. Andrews.
  • Na Inglaterra: Cambridge, College London (UCL), Imperial College e Oxford.
  • Na Irlanda do Norte: Queen's University of Belfast, St Mary’s of Belfast, Stranmillis e Ulster.
  • No País de Gales: Bangor, Cardiff, Prifysgol Aberystwyth e Swansea.

 Qualquer que seja a versão do seu teste IELTS, você poderá escolher fazer a prova em dois formatos: no papel ou on-line em um dos computadores instalados nos locais de prova do British Council. A prova é a mesma em ambos os formatos, ou seja, conteúdo e estrutura iguais e a única diferença é escrever as respostas em um papel ou digitá-las em um computador.

Inscrever-se para estudar em uma universidade estrangeira ou para realizar programas de mestrado e doutorado em instituições brasileiras são alguns dos motivos para fazer o IELTS.

Por que é importante fazer a prova IELTS para estudar no exterior?
©

Imagem de Freepik

Agende seu teste IELTS com o British Council hoje mesmo!

Prepare-se para receber a ajuda da sua pontuação no IELTS

Ressaltando que a pontuação é uma nota de 0 a 9 – na chamada IELTS Band Score, conforme explicado na tabela abaixo – para cada uma das quatro etapas do teste, instituições de ensino superior em 145 países valorizam o certificado de inglês IELTS nos processos seletivos para concessão de bolsa de estudos.

Pontuação

Nível de habilidade

Descrição

9 Usuário Especialista
  • Possui domínio totalmente operacional do idioma. Seu uso do inglês é apropriado, preciso e fluente, e demonstra total compreensão.
8 Muito Bom Usuário
  • Possui domínio totalmente operacional do idioma com apenas imprecisões não sistemáticas ocasionais e uso inadequado.
  • Pode entender mal algumas coisas em situações desconhecidas.
  • Lida bem com argumentação complexa e detalhada.
7 Bom Usuário
  • Possui domínio operacional do idioma, embora com imprecisões ocasionais, uso inadequado e mal-entendidos em algumas situações.
  • Geralmente lida bem com linguagem complexa e entende o raciocínio detalhado.
6 Usuário Competente
  • Possui domínio efetivo do idioma, apesar de algumas imprecisões, uso inadequado e mal-entendidos.
  • Pode usar e entender uma linguagem bastante complexa, principalmente em situações familiares.
5 Usuário Modesto
  • Possui um domínio parcial da língua e lida com o significado geral na maioria das situações, embora seja provável que cometa muitos erros.
  • É capaz de lidar com a comunicação básica em seu próprio campo de atuação.
4 Usuário Limitado
  • Possui competência básica limitada a situações familiares.
  • Frequentemente apresenta problemas de compreensão e expressão.
  • É incapaz de utilizar linguagem complexa.
3 Usuário Extremamente Limitado
  • Transmite e entende apenas o significado geral em situações muito familiares.
  • Apresenta falhas frequentes na comunicação.
2 Usuário Intermitente
  • Possui grande dificuldade em entender o inglês falado e escrito.
1 Não Usuário
  • Não possui habilidade para usar o idioma, exceto algumas palavras isoladas.
0 Não tentou o teste
  • Entregou a prova sem responder às questões.

A fim de ter a pontuação que facilitará a sua trajetória rumo a uma bolsa de estudos no exterior, os melhores recursos preparatórios para a prova IELTS estão no British Council.

 Estude para o IELTS com nossos materiais 100% on-line, totalmente em inglês e elaborados por mestres especialistas em exames de proficiência no idioma. Com o British Council você entende os detalhes de todas as etapas, versões, formatos e resultados do teste IELTS, tem dicas preciosas para a realização e conta com recursos diversificados (alguns gratuitos e outros pagos), por exemplo, simulados, videoaulas e webinars.

 Estudar no exterior e como conseguir uma bolsa de estudos é algo que depende de você.Faça o IELTS com o British Council e dê o primeiro passo.

Mais informações sobre locais de prova, valores e cursos de preparação para o teste IELTS