A série de vídeos “Corpos Divergentes” foi desenvolvida pelo Programa de Acessibilidade do Instituto Tomie Ohtake e aborda encontros entre artistas e atividades educativas realizadas em 2019. 

Em parceria com Creative Scotland, o British Council apoiou o programa de acessibilidade e a realização da série de vídeos, que conta com o terceiro episódio disponibilizado em inglês e português. Todos os vídeos oferecem recursos de acessibilidade.

O episódio bilíngue da série apresenta Mariana Ayelen, atriz e educadora, e Michelle Rolf, produtora cultural do grupo de teatro escocês Birds of Paradise.

Na visita à São Paulo, que aconteceu em Novembro de 2019, o Birds of Paradise participou do 6° Congresso Internacional de Educação e Acessibilidade em Museus e Patrimônio, e desenvolveu o workshop “Criando um Plano de Ação para Acessibilidade” junto ao Instituto Tomie Ohtake. Mariana e Michelle explanaram a participação das múltiplas características sensoriais, comunicacionais, físicas e atitudinais nas produções teatrais.

Leia o artigo em inglês, no site do British Council Escócia.

Websérie “Corpos Divergentes"

Linguagens e produções artísticas são essenciais à liberdade de expressão, crítica e construção social. Por meio das artes, compomos e refletimos sobre nossas identidades e valores, as desigualdades e invisibilidades. Mas quais corpos e formas de comunicação participam enquanto proponentes e não só como espectadores?