Desmitificando a questão do sotaque britânico no teste de inglês IELTS. Foto da Tower Bridge em Londres.
A Tower Bridge em Londres: é preciso falar inglês com sotaque britânico para fazer o IELTS? ©

Mat Wright / British Council

Sotaque em teste de proficiência é algo bastante discutido, não é verdade? Afinal, existe ou não a cobrança de um sotaque específico em testes de inglês como o IELTS ou o TOEFL? Vamos abordar com mais profundidade este assunto a seguir.

Para entender melhor esse cenário, vamos trazer como base o IELTS, um dos testes de proficiência em inglês mais requisitados quando se fala em comprovar seu nível de fluência para estudar, trabalhar ou morar em um país de língua inglesa.

Inglês Britânico ou Americano? Os dois!

Muitas pessoas associam o IELTS ao Reino Unido por ele ter como um de seus criadores o British Council e também pelo fato de o IELTS possuir formatos específicos para atender aos requisitos do Departamento Britânico de Vistos e Imigração, o IELTS for UKVI.

Mas isso não significa que a prova de inglês IELTS exija ou pontue melhor os candidatos que estudaram o inglês britânico.

Em termos de ortografia, gramática e escolha de palavras, o IELTS aceita todas as variantes da língua inglesa, tanto o inglês britânico, quanto o inglês americano. E isso vale também para os sotaques nas avaliações de Listening e Speaking.

Por isso, se você pretende ir para os Estados Unidos ou para o Reino Unido, ou mesmo outro país que tenha como idioma oficial a língua inglesa, como Austrália, Canadá, Irlanda ou Nova Zelândia, o IELTS pode treinar o seu ouvido para diferentes sotaques nativos de inglês. 

Tudo isso resulta do fato do teste ser planejado por especialistas em exames de língua inglesa do mundo todo - australianos, neozelandeses, britânicos, americanos... Esses especialistas se baseiam na linguagem utilizada em anúncios, livros, jornais e empresas nos países em que o inglês é o idioma oficial para construir questões que reproduzem como o idioma é usado de fato nesses lugares, seja no ambiente acadêmico ou empresarial.

Agora que já desmistificamos a questão do sotaque britânico no teste de proficiência IELTS, saber quais são as vantagens e o diferencial do IELTS pode ser esclarecedor para o início de sua jornada em outro país.

Entenda agora mesmo porque escolher o IELTS

1. Vantajoso para todas as situações da sua vida

Com o IELTS, você pode se candidatar para estudar em colégios, institutos e universidades de diversos países.

Assim como enviar o seu resultado no exame para empregadores e empresas multinacionais.

E, ainda, para autoridades de imigração, departamentos do Governo e organismos profissionais que reconhecem e solicitam este teste como requisito de admissão.

2. Reconhecido no mundo inteiro

O IELTS é aceito como uma comprovação de proficiência em inglês por cerca de 9 mil organizações em mais de 135 países.

Muito além de ter uma excelente reputação internacional, este é o teste com maior aceitação em todo o mundo.

Devido aos elevadíssimos controles de qualidade globais aos quais as suas provas são submetidas, seu reconhecimento é mundial.

Conheça os países, universidades e organizações que aceitam o IELTS

3. Ótima maneira de avaliar o seu inglês

Realizando a prova do IELTS, você aplica os seus conhecimentos de inglês como se estivesse em uma situação cotidiana com falantes do idioma.

O teste é desenvolvido para testar várias habilidades de inglês: oralidade (Speaking), compreensão auditiva (Listening), escrita (Writing) e leitura (Reading).

A avaliação inclui uma conversa com um examinador real (não um computador), simulando situações do dia a dia como falar com seus colegas na escola, com clientes de multinacionais no trabalho ou mesmo durante uma viagem no exterior.

4. Precisão dos resultados e da avaliação do seu nível de inglês

Os examinadores do IELTS fazem uma avaliação da sua fluência em inglês através da aplicação de critérios rigorosos durante cada etapa do teste.

Isso quer dizer que o seu resultado irá refletir exatamente o seu nível de inglês naquele momento.

Importante lembrar que o IELTS não "aprova" ou "reprova" os candidatos. As classificações das notas do IELTS seguem uma escala de 0 a 9, sendo que quanto mais alta for a sua pontuação, maior o seu nível de conhecimento no idioma. 

A escala classificativa de 9 pontos é utilizada mundialmente por todos os centros aplicadores do IELTS, fazendo com que a medição e a interpretação dos resultados seja bem consistente.

Como referência, a maioria das organizações que utilizam o IELTS em seus processos de admissão estabelece como meta a obtenção de resultados acima de 6 ou 7 pontos, mas é fundamental que você cheque com as instituições de seu interesse para saber qual é o requisito mínimo solicitado por cada uma, pois ele pode variar dependendo dos seus objetivos. 

Se a sua classificação ficar abaixo dessa meta, não se preocupe: você pode se inscrever novamente no IELTS e repetir o seu teste quantas vezes quiser para alcançar o resultado que você precisa.

Saiba mais sobre o resultado do IELTS

5. Disponível em localizações por todo o Brasil 

Com datas disponíveis regularmente durante o ano todo, você pode realizar o seu teste IELTS em diversas cidades no Brasil com o British Council.

Você se registra on-line para fazer a prova no centro de testes mais próximo da sua casa e pode até escolher que o resultado seja enviado diretamente para uma instituição ou organização específica.

O Brasil é um dos 140 países onde o IELTS se realiza, com mais de 900 centros aplicadores do teste por todo o mundo.

Inscreva-se no IELTS: preços, datas e locais de prova

Veja também outras dúvidas frequentes sobre o IELTS

Para que eu preciso de um teste de inglês como o IELTS?

Quem deseja estudar fora ou imigrar para um país anglófono precisa comprovar o domínio da língua inglesa através de um exame de proficiência.

O IELTS é o mais popular desses exames, devido à sua metodologia de avaliação e confiabilidade.

Aqui no Brasil, você pode fazer o IELTS com o British Council. Além de ser um dos criadores do IELTS, o British Council é uma instituição britânica orientada a promover oportunidades educacionais e relações culturais entre o Reino Unido e outros países.

Qual IELTS eu devo fazer?

O teste IELTS possui diferentes modalidades dependendo do seu objetivo: IELTS Academic e IELTS General Training

As provas de Listening e de Speaking são as mesmas para todas as modalidades.

Entretanto, as provas de Reading e de Writing são diferentes para cada formato, exigindo que você aplique seus conhecimentos em contextos específicos do mundo acadêmico ou em seu uso cotidiano.

É importante saber que o motivo pelo qual você está fazendo a prova para escolher a melhor opção e também consultar junto à instituição de seu interesse qual é a nota mínima que você precisa para alcançar sua próxima meta. 

Assim você pode estar melhor preparado para obter um resultado que abra o caminho para você chegar lá.

Como é calculada a pontuação no IELTS?

O teste IELTS avalia os candidatos em quatro habilidades: escuta (Listening), leitura (Reading), escrita (Writing) e fala (Speaking).

Você será classificado em uma escala de 0 a 9, sendo 9 o nível mais alto de inglês (fluente).

No IELTS, os candidatos recebem tanto uma nota individual para cada habilidade como uma nota média geral, todas classificadas nessa escala de 0 a 9.

As quatro habilidades têm o mesmo peso no cálculo da média geral no IELTS, mas em algumas situações as instituições podem exigir uma pontuação mínima para habilidades específicas, além da média geral.

Por isso, é importante consultar os requisitos de cada instituição para se preparar da melhor forma possível para alcançar os seus objetivos.

Em quanto tempo eu recebo meu resultado no IELTS?

Se você fizer o IELTS no papel, os resultados são divulgados cerca de 13 dias após a realização do exame no Portal do Candidato.

Já se fizer o IELTS no computador, o resultado sai em até 5 dias a partir da data da prova de inglês.

Você também recebe pelos Correios um relatório oficial impresso, que é enviado para o endereço de sua escolha após a divulgação do seu resultado on-line.

O prazo de recebimento do certificado impresso é, em média, 20 dias após a realização do exame. 

Como posso me inscrever para fazer o IELTS?

Você pode se inscrever on-line para fazer o seu teste de inglês IELTS com o British Council em diversas cidades do Brasil.

As vagas em cada sessão são atribuídas por ordem de inscrição, por isso, a recomendação é que você se inscreva com pelo menos cinco semanas de antecedência.

Inglês britânico ou inglês americano: qual dos dois eu devo estudar?

Dizem que o inglês britânico é mais pausado e, por este motivo, mais fácil de compreender.

Em contrapartida, outros alegam estar mais acostumados com o inglês americano, devido ao contato frequente com filmes e músicas de artistas dos Estados Unidos.

Há, realmente, diferenças de vocabulário, grafia de palavras, uso de gírias e expressões idiomáticas e, claro, de pronúncia entre um país e outro.

Mas, muitas vezes, essas diferentes percepções sobre a facilidade de compreender um ou outro sotaque dos falantes nativos da língua inglesa são resultado do contato inicial do estudante teve com o idioma.

Para ganhar cada vez mais confiança com o seu inglês, é importante se desvincular de visões equivocadas e ampliar o seu repertório no idioma o máximo possível.

Na época da globalização econômica e cultural, devemos estar preparados para interagir com pessoas de todas as origens e sotaques. Inclusive, com outras pessoas que, como você, não têm o inglês como sua primeira língua.

E, provavelmente, você também vai se deparar com variações de pronúncia dentro de um mesmo país.

Por isso, aproveite todas as oportunidades possíveis para treinar o seu inglês, nos mais diversos lugares e situações.

Não deixe as preocupações com sotaque travarem o seu inglês

Pronúncia e sotaque são coisas bem diferentes.

Examinadores experientes, como os do IELTS, são treinados para separar os dois durante a sua avaliação.

Por isso, não deixe que as preocupações com o sotaque atrapalhem o seu desempenho na prova de Speaking

O importante é saber construir as frases, usar bem os tempos verbais e pronunciar as palavras corretamente.

Lembre-se de que todo mundo tem sotaque e isso não quer dizer ter mais ou menos fluência em uma língua.

Basicamente, são considerados os seguintes critérios de avaliação na parte de Speaking do IELTS:

  • coerência e fluência ao se comunicar: se você consegue demonstrar clareza no seu discurso;
  • recurso lexical: a riqueza do seu vocabulário;
  • gramática: sintaxe correta e
  • pronúncia: como você pronuncia as palavras em inglês, mas sem levar em consideração o sotaque em si.

Veja nossos vídeos com dicas de Speaking

Agora que você já sabe que o sotaque não influencia no teste de proficiência IELTS e já tem várias dicas sobre como as provas funcionam, esperamos que você se sinta mais preparado para se fazer a sua prova e se comunicar em inglês por aí!

Inscreva-se no IELTS: preços, datas e locais de prova

Leia outros posts do nosso blog