Traga Shakespeare para a sala de aula!

Em 2016, William Shakespeare completa 400 anos de morte e o British Council convida escolas de todo o Brasil a celebrar a vida e a obra do maior dramaturgo inglês de todos os tempos. 

O legado de Shakespeare é atual porque inspira jovens de todas as nações a compreender o mundo, obtendo lições valiosas em torno do amor, da criatividade e da humanidade. O objetivo do concurso cultural Shakespeare Hoje foi mostrar como o célebre escritor permanece vivo em nosso cotidiano!  

Concurso encerrado.

Conheça os vencedores do concurso cultural

1º colocado: Quem Serei Eu
Colégio Militar de Fortaleza (Fortaleza, CE)

2º colocado: Pelos Meandros de Shakespeare
E. M. de Ensino Médio Alfredo Aveline (Bento Gonçalves, RS)

3º colocado: #DENTRODENÓS
Colégio Inovati (Valinhos, SP)

Parabéns a todos os participantes!

Prêmios

1º Lugar

Professor: viagem para a Inglaterra com acompanhante

Alunos: vale-presente no valor de R$1.000,00 (individual)

2º e 3º colocados

Professores: vale-presente no valor de R$ 650,00 (individual)

Alunos: vale-presentes no valor de R$ 500,00 (individual)

Os prêmios são pessoais e intransferíveis, não serão passíveis de troca e nem poderão ser convertidos em dinheiro.

Processo de seleção

  • O concurso cultural Shakespeare Hoje foi aberto a: professores e alunos do Ensino Fundamental ll (6º ao 9º ano) e professores e alunos do Ensino Médio (1º ao 3º ano), de escolas públicas e particulares de todo país; professores e alunos dos CELs – Centro de Estudos de Línguas da rede pública.
  • Todos os participantes declararam ter lido e estar totalmente de acordo com o Regulamento deste concurso.
  • Foram aceitas inscrições submetidas até o dia 31 de outubro de 2016. Formulários, vídeos e/ou qualquer material enviado com dados incompletos, de forma diversa daquela prevista no Regulamento e/ou fora do prazo não foram aceitos, tampouco considerados.
  • Os três vídeos vencedores e sua respectivas colocações foram escolhidos pela comissão julgadora, que levou em conta os seguintes critérios de avaliação: adequação ao tema, criatividade, originalidade e impacto, conforme previsto no Regulamento.
  • A comissão julgadora será soberana para decidir eventuais controvérsias oriundas do presente concurso cultural e sua decisão será irrecorrível e incontestável.

Sobre o direito de imagem dos vídeos

  • Os participantes transferem à Associação Conselho Britânico, sem nenhum ônus e em caráter definitivo, plena e totalmente, todos os direitos autorais sobre o conteúdo enviado.
  • Os selecionados e demais participantes autorizam a Associação Conselho Britânico e a Embaixada Britânica a publicar nos sites www.britishcouncil.org.br e www.gov.uk, em suas páginas nas redes sociais ou em qualquer outro meio seus nomes e conteúdo vencedores.
  • Os contemplados poderão ser solicitados a participar de publicidade relativa a este concurso cultural por meio do fornecimento de comentários para imprensa, fotografias, entrevistas na mídia e possível material publicitário e promocional, e consentem em participar e permitir o uso de suas informações pessoais e imagem para tais fins.

Sobre o concurso

Trata-se de uma promoção de caráter exclusivamente cultural, sem nenhuma modalidade de sorteio, não se sujeitando a quaisquer fatores aleatórios ou pagamento pelos participantes, nem vinculação destes ou dos contemplados à aquisição ou uso de qualquer bem, direito ou serviço, sendo dispensada de autorização, nos termos da Lei 5.768/71 do Decreto 70.951/72. A simples participação neste concurso implica no conhecimento e total aceitação do Regulamento e dos termos e condições do concurso aqui dispostos.

Recursos para professores

Como inspiração para o professor trabalhar com seus alunos, sugerimos o kit escolar Shakespeare Vive nas Escolas e o texto Júlio César: a história em 20 minutos.

A editora Edições de Janeiro, que é parceira deste concurso, cede capítulos do livro “Shakespeare: O que as Peças Contam”, de Barbara Heliodora. O livro traz  37 peças teatrais resumidas por uma das maiores estudiosas brasileiras, que mostram o quão global e atemporal é Shakespeare.

Veja também