Estudante com computador

A carta de motivação ou personal statement, parte essencial da inscrição para cursos de graduação ou pós-graduação no Reino Unido, também é a melhor oportunidade para o candidato se destacar no processo de admissão. Ela pode ser entendida como uma redação de apresentação em que se ressaltam vários pontos para impressionar a pessoa que faz a seleção. 

Como muitas universidades não oferecem a possibilidade de entrevista, a carta de motivação é a maneira mais certeira de se expressar pessoalmente. Se você escolheu bem o seu programa de estudos, está animadíssimo e tem certeza de que ele completa o seu perfil acadêmico, não há motivo para se preocupar. Os avaliadores consideram o quanto o estudante estrangeiro pode agregar para a instituição, seja contribuindo para a pesquisa ou enriquecendo o ambiente multicultural. 

Seja objetivo 

Sua redação precisa ser bem específica para deixar claro o que motiva você a perseguir essa carreira universitária. Como nasceu o interesse? O que fez para saber mais sobre o assunto? Demonstre seu entusiasmo pela área, sempre privilegiando informações. Vale apontar pesquisas que você tem feito, com uma análise crítica ou opinião sobre elas. Podem ser de livros, jornais, sites, periódicos ou publicações científicas ou até mesmo filmes, documentários, blogs, podcasts ou palestras em que você participou.  

Ressalte suas habilidades 

Explique porque você é a pessoa certa para o curso. Faça uma reflexão sobre as suas competências, mencione experiência profissional ou trabalho voluntário, cursos extracurriculares, visitas a museus ou localidades históricas, viagens, competições esportivas ou acadêmicas, tudo o que tiver influência na sua motivação ou em seus planos para o futuro. Não precisa ser algo extraordinário, mas deve ser coerente com a sua história pessoal. Destaque suas habilidades, por exemplo, saber trabalhar com independência ou em equipe, gerenciar bem o tempo, solucionar problemas, mostrar liderança, escuta atenta e capacidade de organização. 

Orientações gerais

Não existe um modelo específico para o personal statement, mas vale a pena seguir essas recomendações: 

  • A redação deve ter 4000 caracteres (cerca de 700 palavras).
  • Escreva em tom formal e positivo. 
  • Invista no parágrafo de abertura para capturar o interesse do selecionador. 
  • Fuja dos clichês, das citações famosas e das leituras da moda. 
  • Mostre sua paixão e ligação com o assunto incluindo exemplos do que fez, experimentou ou leu sobre a área e quais benefícios tirou dessas ações. 
  • Destaque informações relevantes para o curso, optando por fornecer 80% de dados sobre sua experiência acadêmica (graduação) ou profissional (pós-graduação) e 20% sobre atividades e habilidades extracurriculares, como trabalhos voluntários, viagens, e outras experiências.
  • Seja sincero, honesto e humilde. Mentiras ou arrogância não são toleradas. 
  • Se você estiver se inscrevendo pelo UCAS, sua carta será lida por várias instituições, portanto não faça referência a uma universidade específica.
  • Escreva uma conclusão que expresse como o curso vai permitir que você siga uma carreira ou atinja seus planos. Ou ressalte sua motivação e determinação. 
  • Faça uma revisão cuidadosa e peça ajuda para checar gramática, ortografia e fluência do texto. 

Para saber mais sobre o que pode fazer a diferença entre você e outros candidatos no momento da inscrição, informe-se com dezenas de instituições presentes na feira UK Universities 2017.  Acesse o site dos eventos gratuitos e participe!