Duas estudantes conversam enquanto olham para um tablet.

Para se tornar um universitário no Reino Unido, a sequência de ações a seguir é simples, mas decisiva.

O primeiro pré-requisito é comprovar a capacidade de se comunicar em língua inglesa. Para isso, o exame IELTS está no topo da check-list. Vale se preparar com dedicação para alcançar uma boa nota, o que amplia a oportunidades de entrar nas melhores universidades.

As exigências de cada instituição podem ser consultadas no site do UCAS (Universities and Colleges Admissions Service), que centraliza todas as informações sobre graduação no Reino Unido e tem uma área direcionada para quem procura o que e onde estudar, e qual tipo de programa é o mais adequado para seus objetivos. É na própria plataforma online do UCAS que deve ser feito o pedido de admissão para até cinco cursos de sua preferência.

Para não passar nenhum aperto, vale a pena começar as inscrições um ano antes do início da graduação ou da pós-graduação eleita, já que a instituição leva até três meses para dizer se você foi aceito para o curso. O recomendado é se inscrever em dezembro ou janeiro para o ano acadêmico que se inicia em setembro e termina em julho do ano seguinte.

As inscrições em graduações para estudantes brasileiros pelo UCAS respeitam prazos específicos, dependendo do tipo de curso: 15 de outubro para programas de Oxford e Cambridge ou em qualquer curso em Medicina, Odontologia e Medicina Veterinária com início no primeiro turno do ano letivo; 15 de janeiro para a maioria dos demais cursos; e 25 de março para alguns programas de arte e design.

Ao fazer a application, além de inserir dados pessoais, será preciso providenciar os seguintes documentos:

  • Histórico escolar.
  • Certificado de conclusão do Ensino Médio (tradução juramentada).
  • Resultado de exames em língua inglesa.
  • Recomendações escritas por seus professores (em inglês).
  • Carta pessoal de motivação (personal statement).

Se sua intenção é se inscrever para pós-graduação, entre no site do UKPASS e registre até 10 possibilidades de cursos. Além dessa opção, muitas universidades do Reino Unido aceitam inscrições diretamente e online. Assim que a sua application for aceita, ainda há tempo suficiente para se programar com visto, juntar recursos, planejar a estadia e a viagem.

Dê o primeiro passo desse planejamento colocando na agenda o evento gratuito mais próximo de você. Participe da UK Universities 2017

Veja também